Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

UFSM estreita relações com a Agência Espacial Russa

O Reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann, assinou na terça-feira (14) do mês de abril, durante a Feira Internacional de Defesa e Segurança – LAAD Defence & Security 2015, que acontece no Rio de Janeiro (RJ), convênio com a Companhia Russa de Pesquisa e Produção: “Sistemas e Instrumentos de Precisão” para a instalação de uma estação terrestre de captação de sinais de satélite no campus sede da UFSM. Um protocolo de intenções nesta linha havia sido assinado em 2014 entre os governos brasileiro e russo.

Uma área rural da universidade deverá receber uma antena que captará sinais de satélites russos do sistema de geoposicionamento Glonass, que é semelhante ao norte-americano GPS. Desta forma, Santa Maria terá uma das três bases terrenas do Glonass na América Latina – uma fica em Brasília e outra deverá ser instalada no Nordeste.

Segundo o Reitor, o convênio assinado é de grande importância para a UFSM, porque a partir da captação dos sinais, os dados estarão à disposição da universidade para vários projetos de pesquisa. “Temos um bom conhecimento nesta área e uma equipe trabalhando com geoprocessamento, com pós-graduação nesta área, e a introdução desse sistema no âmbito das pesquisas facilita e qualifica o processo”, avalia. O convênio inclui também o financiamento de bolsas de iniciação científica e de pós-graduação para estudantes da universidade. Deverão ser duas bolsas de iniciação científica para estudantes de graduação, uma de mestrado e quatro bolsas para pesquisadores.