Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Unidades de ensino discutem os desafios institucionais para o PDI

Teve início na terça-feira (24) uma série de reuniões com chefias das unidades de ensino da UFSM para discutir os sete desafios institucionais que foram definidos pela Comissão Central do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). O objetivo das reuniões é fomentar a discussão em torno dos sete desafios e coletar insumos para a elaboração dos objetivos institucionais que constarão no mapa estratégico da UFSM.

A primeira reunião, no CCNE, contou com 39 participantes, que discutiram os desafios institucionais, conforme a metodologia prevista. Na abertura, o pró-reitor de Planejamento, Frank Casado, contextualizou o PDI na UFSM e apresentou alguns números da Universidade.

A reunião teve início na sala 20 do prédio 16A e se estendeu para outras duas salas de ensino, que foram utilizadas como apoio para realização dos trabalhos em grupo, conforme previsto na dinâmica da reunião. Estiveram presentes docentes e técnico-administrativos do CCNE, além de representantes de comissões temáticas do PDI e da Comissão Executiva do PDI.

A próxima reunião será na terça-feira (31), no CAL. Confira a agenda de reuniões.

Participantes se reuniram em grupos no CCNE

Comissões do PDI

O processo de elaboração do PDI, que será vigente entre 2016 e 2026, é coordenado por três comissões de trabalho.

A primeira delas é a Comissão Central, cuja função é supervisionar o andamento da criação do PDI e as atividades dos grupos temáticos. Além disso, tem o papel de divulgar informações relacionadas ao Plano nas suas unidades e no Conselho Universitário (Consu), bem como de aprovar e encaminhar o Plano para aprovação pelo Consu.

Os membros da Comissão Central foram nomeados pela portaria nº. 78.265, de 5 de fevereiro de 2016. Fazem parte dela, o reitor e o vice-reitor da UFSM, Paulo Afonso Burmann e Paulo Bayard Dias Gonçalves, respectivamente, além dos oito pró-reitores da Instituição: José Carlos Segalla, da Pró-Reitoria de Administração; Clayton Hillig, de Assuntos Estudantis; Teresinha Heck Weiller, de Extensão; Martha Bohrer Adaime, de Graduação; Paulo Renato Schneider, de Pós Graduação e Pesquisa; Frank Leonardo Casado, de Planejamento; Eduardo Rizzatti, de Infraestrutura; e Neiva Maria Cantarelli, de Gestão de Pessoas. Compõem esse grupo, ainda, os diretores das unidades de ensino da UFSM.

Outra comissão é a executiva. Tem por atribuições organizar e executar o processo de elaboração do PDI conforme a metodologia aprovada pela Comissão Central; consolidar informações e documentos gerados pelas comissões temáticas; e elaborar o documento e o relatório finais do Plano para avaliação do Consu. Fazem parte desta comissão Frank Leonardo Casado, Fernando Pires Barbosa, Cristina Izabel Moraes Bolzan e Carmen Cristina Suptitz, todos membros da Proplan.

Por fim, a Comissão Temática, responsável pela elaboração de capítulos específicos do documento do PDI. Ela é subdividida em sete comissões: Planejamento e Desenvolvimento Institucional; Políticas Acadêmicas; Políticas de Gestão; Infraestrutura; Inovação, Empreendedorismo e Transferência de Tecnologia; Sustentabilidade e Responsabilidade Ambiental; e Política de Comunicação.

 

Notícia retirada do site: www.ufsm.br/pdi