Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Governo libera viagens para Universidades Federais



Governo Federal editou novo Decreto permitindo que as instituições federais de ensino superior gastem o mesmo valor do ano passado com viagens e diárias. O Governo Federal ampliou o gasto com passagens e diárias que as universidades podem ter em 2011. No começo do ano, um decreto cortou em 50% esse tipo de despesa. Porém, o governo entendeu que as universidades precisam ser tratadas de maneira mais flexível, e que viagens são imprescindíveis para se cumprir objetivos de pesquisas, avaliação e participação em bancas de pós-graduação. “As passagens são instrumentos potencializadores dos principais objetivos da universidade”, afirma o reitor da Universidade de Brasília (UnB), José Geraldo de Sousa Junior. Ele destaca que, se o corte de 50% fosse mantido, seria uma limitação trágica para trabalhos acadêmicos essenciais. No mês passado, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES) entregou uma carta à presidente Dilma Rousseff com uma série de reivindicações. Uma delas era justamente a revisão da limitação das passagens e essa decisão significa a manutenção do compromisso do Governo Federa de que a educação não sofreria cortes. Entretanto, apesar da liberação, todas as viagens internacionais ainda precisam ser autorizadas pelo Ministério da Educação.





Publicações Recentes