Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Biossegurança

Comissão Interna de Biossegurança

A Comissão Interna de Biossegurança – CIBio é componente essencial para o monitoramento e vigilância das atividades com OGM e seus derivados e para fazer cumprir as normas de biossegurança. Toda instituição que se dedique ao ensino, à pesquisa científica, ao desenvolvimento tecnológico e à produção industrial que utilize técnicas e métodos de engenharia genética ou realize pesquisas com Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e seus derivados, ou mesmo, precise importar OGM e seus derivados, deverá criar uma Comissão Interna de Biossegurança (CIBio). Por “OGM” entende-se qualquer entidade biológica (vírus, bactérias, fungos, protozoários, linhagens celulares, animais, vegetais, etc.) cujo material genético tenha sido alterado por técnicas de DNA recombinante/engenharia genética.

Toda entidade que utilizar técnicas e métodos de engenharia genética deverá criar uma Comissão Interna de Biossegurança (CIBio), além de indicar para cada projeto específico um(a) Pesquisador(a) Principal, definido na regulamentação como  “Técnica Principal Responsável”.

As CIBios são componentes essenciais para o monitoramento e vigilância dos trabalhos de engenharia genética, manipulação, produção e transporte de OGMs e para fazer cumprir a regulamentação de Biossegurança.

Toda a legislação vigente, formulários, processos e documentos relativos a biossegurança envolvendo OGM poderão ser encontrados através da página da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio

Lei n°11.105/2005, de 24 de março de 2005: Regulamenta os incisos II, IV e V do § 1o do art. 225 da Constituição Federal, estabelece normas de segurança e mecanismos de fiscalização de atividades que envolvam organismos geneticamente modificados – OGM e seus derivados, cria o Conselho Nacional de Biossegurança – CNBS, reestrutura a Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio, dispõe sobre a Política Nacional de Biossegurança – PNB, revoga a Lei no 8.974, de 5 de janeiro de 1995, e a Medida Provisória no 2.191-9, de 23 de agosto de 2001, e os arts. 5o, 6o, 7o, 8o, 9o, 10 e 16 da Lei no 10.814, de 15 de dezembro de 2003, e dá outras providências.

Decreto n° 5.591, de 22 de novembro de 2005: Regulamenta dispositivos da Lei no 11.105, de 24 de março de 2005, que regulamenta os incisos II, IV e V do § 1o do art. 225 da Constituição, e dá outras providências.

Resolução Normativa Nº 1, de 20 de Junho de 2006 (Alterada pela Resolução Normativa Nº 11, de 22 de outubro de 2013 e pela Resolução Normativa Nº 14, de 05 de fevereiro de 2015): Dispõe sobre a instalação e o funcionamento das Comissões Internas de Biossegurança (CIBios) e sobre os critérios e procedimentos para requerimento, emissão, revisão, extensão, suspensão e cancelamento do Certificado de Qualidade em Biossegurança (CQB).

Resolução Normativa N°14, de 04 de fevereiro de 2015: Altera o inciso IV do art. 5°, inclui o inciso XVII no art. 8°, altera o caput do art. 9° e os incisos II, IV e VI do art. 11, acrescenta o parágrafo único ao art. 16 e os arts. 17-A e 17-B, altera o item 6 e acrescenta o item 14 ao Anexo; altera os itens 3, 5 e 13 e acrescenta o item 17 ao Modelo de Relatório de Atividades do Anexo da Resolução Normativa n° 1, de 20 de junho de 2006.

Resolução Normativa Nº 2, de 27 de novembro de 2006: Dispõe sobre a classificação de risco de OGM e os níveis de biossegurança a serem aplicados nas atividades e projetos em contenção com OGM e seus derivados que envolvam a construção, o cultivo, a produção, a manipulação, o armazenamento, a pesquisa, o desenvolvimento tecnológico, o ensino, o controle de qualidade e o descarte obedecerão ao disposto nesta Resolução Normativa.

Instrução Normativa CTNBio nº 4, de 19.12.96: Dispõe sobre as normas para o transporte de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs) no País.

Instrução Normativa CTNBio, nº 13 de 01.06.98 Dispõe sobre as normas para importação de animais geneticamente modificados (AnGMs) para uso em regime de contenção.

Formulário para solicitação de extensão de CQB, clique AQUI

Declaração de infraestrutura para extensão de CQB, clique AQUI

Formulário de solicitação de autorização para atividades com OGMs, clique AQUI

Termo de Responsabilidade. clique AQUI

 RESOLUÇÃO N. 007/2013

– REGIMENTO INTERNO

Integrantes
Contato

Mônica de Medeiros Silva (Presidente)

Depto. de Bioquímica e Biologia Molecular

Fabio Vasconcellos Comim

Depto. de Clínica Médica/CCS

Marli Matiko Anraku de Campos

Depto. de Análises Clínicas e Toxicológicas/CCS

Marlise Ladvocat Bartholomei Santos

Depto. de Biologia/CCNE

Sônia de Ávila Botton

Depto. de Medicina Veterinária Preventiva/CCR

Endereço: Avenida Roraima, 1000 – Prédio da Reitoria – 2º andar – Sala Cômite de Ética

Cidade Universitária – Bairro Camobi, 97105-900 – Santa Maria – RS

Gabriela Heinz – Chefe Administrativa do Núcleo de Comitês – UFSM

Telefone: (55) 3220 9362

Fax: (55) 3220 8009

E-mail: cibio@ufsm.br

Horário de Atendimento ao Público:

– Segunda a sexta: 

MANHÃ: 08h30min. às 12h.

TARDE: 14h às 17h.