Ir para o conteúdo Conexus Bioma Pampa Ir para o menu Conexus Bioma Pampa Ir para a busca no site Conexus Bioma Pampa Ir para o rodapé Conexus Bioma Pampa
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Visita à família Barrozo mostra o grande potencial de produção ecológica nos assentamentos



No dia 25 de outubro de 2019, passado aproximadamente um ano desde o primeiro encontro com a equipe Conexus, a família Barrozo recebeu novamente o grupo. Desta vez, além de conversar sobre a produção do quintal e a qualidade de vida da família no lote onde vive, no Assentamento Piratini/”Conquista da Liberdade” em Piratini, RS, o grupo promoveu o enriquecimento do quintal com 7 novas espécies, frutíferas e madeireiras, escolhidas pela família de acordo com suas necessidades (abacate, araticum, araucária, cedro-rosa, guajuvira, louro-pardo e pitanga). 

Ale´m do plantio de mudas, também foi semeada uma muvuca de sementes para adubação verde, composta por feijão-de-porco, feijão-guandu, girassol e milheto. Após os plantios, foi feita a adubação do quintal com húmus líquido fornecido pelo Centro de Pesquisas em Florestas de Santa Maria, do Departamento de Diagnóstico e Pesquisa Agropecuária (DDPA).

O enriquecimento visa fomentar uma diversidade maior de espécies das quais a família pode tirar o sustento, tanto indiretamente, através do comércio realizado semanalmente na Feira de Agricultura Familiar de Piratini, quanto diretamente, na forma de subsistência. Isso vai ao encontro do objetivo do programa Conexus de fortalecer a segurança alimentar das famílias.

A família, que postou na sua página do Facebook sobre a última visita, se dedica à produção de uvas e seus produtos (suco integral orgânico, vinho e vinagre), figo, tomate-cereja, mandioca e ervilha. Também possuem, pelas mãos da Dona Ivanir, uma produção de olerícolas em estufa, e de diversas geleias e doces oriundas das frutas do quintal. Além de produzir as frutas, Seu Eroni também produz uma diversidade de mudas para consumo próprio, se destacando na prática de enxertia de diversas espécies frutíferas, exóticas e nativas. Todos os anos a família participa da Feira Internacional de Coo´perativismo e da Economia Solidária (FEICOOP), realizada em Santa Maria, RS.

Fazem parte da Associação de Produtores de Base Ecológica de Piratini (Aprobeco) e da Associação de Produtores Ecológicos Conquista da Liberdade (Apecol). Os esforços da família em diversificar a produção contam com o apoio da Emater de Piratini e de diversos outros atores e instituições. Agora, cada vez mais, contam com o apoio do Programa Conexus. 

São uma família com potencial de ser multiplicadora das práticas realizadas pelo Conexus, e participaram de todas as oficinas realizadas pelo programa. A família Barrozo possui um bonito quintal agroflorestal, que contribui para a subsistência e geração de renda da família, apostando na produção agroecológica, certificada, com autonomia e sustentabilidade como forma de proporcionar saúde para si e para os que com eles interagem.

Produção de mudas de espécies frutíferas por enxertia e por sementes, pelas mãos do Eroni.
Muvuca de sementes, com girassol, feijão-de-porco, milheto e feijão-guandu.
Vista de parte do parreiral da família durante as atividades de enriquecimento.

Publicações Recentes