Ir para o conteúdo CAPES/PrInt Ir para o menu CAPES/PrInt Ir para a busca no site CAPES/PrInt Ir para o rodapé CAPES/PrInt
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto CAPES/PrInt “Tecnologias Limpas” recebe Professor da Universidade de Auburn/EUA



O Prof. Latif Kalin, da Universidade de Auburn/EUA, estará em visita à UFSM por um período de 15 dias, como beneficiário da bolsa de “Professor Visitante no Brasil” pelo Projeto CAPES PrInt, subprojeto Tecnologias Limpas. O prof. realizará atividades mais diretamente relacionadas ao público do PPG Engenharia Ambiental, mas com possibilidade de participação pela comunidade acadêmica dos demais PPGs envolvidos nesse subprojeto (PPGQ e PPGEQ), bem como pela comunidade acadêmica em geral. 
 
Dentre as atividades, se destacam o workshop Wetland Water Quality Model (WetQual)” e a palestra Quantifying Land Use, Climate and Water Nexus at Multiple Scale”. Maiores informações abaixo:
Workshop: Wetland Water Quality Model (WetQual)

PRÉ-INSCRIÇÃO EM: https://bit.ly/ecocursoufsm até 08 de dezembro de 2021 às 12hs. Maiores informações: eco@ecotecnologias.org

PÚBLICO ALVO: Alunos de mestrado e doutorado dos cursos de engenharia. O curso será ministrado em Inglês.

 
WetQual é um modelo que simula processos hidrológicos, bem como N, P, sólidos em suspensão (SST) e ciclos de C e sua dinâmica em áreas úmidas naturais e construídas (Hantush et al. 2013; Kalin et al. 2013; Sharifi et al. 2013, 2015, 2017). O modelo foi desenvolvido por meio de uma colaboração de pesquisa conjunta entre a Auburn University (Dr. L. Kalin) e o Escritório de Pesquisa e Desenvolvimento da EPA dos EUA (Dr. Mohamed M. Hantush). O WetQual divide um pântano em três compartimentos básicos: (1) coluna de água (livre), (2) camada de solo do pântano, que é subdividida em zonas aeróbias e anaeróbias, e (3) biomassa vegetal (Hantush et al., 2013). O modelo simula a dinâmica do oxigênio e o impacto das condições de oxidação e redução na transformação e remoção do nitrogênio, e aproxima a precipitação do fósforo e sua liberação em formas solúveis sob condições aeróbias e anaeróbias, respectivamente. Os processos nas águas superficiais e na camada inferior ativa do solo são descritos por um sistema de equações diferenciais ordinárias acopladas (Hantush et al., 2013). O modelo é executado em uma escala de tempo diária, enquanto o modelo divide internamente o intervalo de tempo de um dia em um intervalo de tempo menor para integração numérica.
Existem três versões diferentes do modelo: (1) ponderado e concentrado (Hantush et al. 2013; Kalin et al. 2013); (2) ponderado e compartimentado (Sharifi et. Al. 2015); e (3) variavelmente saturado (Sharifi et. al. 2017): O Modelo # 1 divide uma área úmida em três compartimentos básicos: (i) coluna de água (livre), (ii) camada de solo úmida (que é posteriormente dividida em zonas aeróbias e anaeróbicas) e (iii) biomassa vegetal. O modelo # 2 melhora a resolução espacial do modelo # 1 para ajudar os usuários a capturar a variabilidade espacial quando zonas ativas e passivas estão presentes em um pântano. Os modelos nº 1 e nº 2 são adequados para modelar a dinâmica dos nutrientes em áreas úmidas em lagoas contínuas, ou seja, eles não rastreiam o conteúdo de água e nutrientes fora da parte em lagoas das áreas úmidas. O modelo # 3 foi desenvolvido para simular a ciclagem de nutrientes e reações biogeoquímicas em zonas úmidas em lagoas e não saturadas (considere a expansão e a redução das terras úmidas).
PALESTRA: Quantifying Land Use, Climate and Water Nexus at Multiple Scale
Resumo: O uso e cobertura da terra (LULC) e o clima desempenham papéis cruciais como forçantes na analise da quantidade e qualidade da água (WQQ) em bacias hidrográficas. Entender como eles afetam o WQQ é de suma importância quando é necessário prever o estado futuro dos recursos hídricos sob mudanças nas condições climáticas e LULC. O Centro de Estudos Ambientais da Interface Urbana-Rural (CESURI) da Auburn University envolve estudantes, pesquisadores e partes interessadas em esforços interdisciplinares para esclarecer a influência da urbanização nas paisagens rurais. Neste seminário, vou resumir alguns dos projetos passados e atuais em que estive envolvido com o CESURI e apresentar as principais descobertas para lançar luz sobre o nexo LULC / Clima-WQQ. Depois de apresentar as tendências de LULC passadas, presentes e futuras no sudeste dos EUA, darei exemplos específicos de estudos sobre o nexo LULC-Clima-WQQ: (i) As relações espaciais podem explicar a dinâmica temporal ?, (ii) Impactos sinérgicos de LULC e mudanças climáticas, (iii ) Mudança de LULC e fluxos ecologicamente relevantes, (iv) Impactos da mudança de LULC no funcionamento das zonas húmidas de cabeceira, (v) Nexo LUCCàWQQ + ClimateàWest Nile Virus. Concluirei minha palestra com algumas das abordagens e tecnologias utilizadas para aliviar os impactos adversos das mudanças LULC no WQQ, como infraestruturas verdes e gestão holística de bacias hidrográficas.
 

DATA: 13 de Dezembro de 2021, às 14 horas.
INSCRIÇÃO EM: https://bit.ly/ecopalestraufsm
MAIORES INFORMAÇÕES: eco@ecotecnologias.org

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-798-652

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes