Ir para o conteúdo Gabinete do Reitor Ir para o menu Gabinete do Reitor Ir para a busca no site Gabinete do Reitor Ir para o rodapé Gabinete do Reitor
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Burmann participa de encontro de reitores do Grupo Montevideo, no Chile



Representantes de 33 instituições de ensino superior públicas da América Latina, pertencentes à Associação de Universidades do Grupo Montevideo (AUGM), encontram-se reunidos desde ontem (07), em Valparaíso e Viña del Mar, no Chile. O reitor Paulo Afonso Burmann representa a UFSM no 73º Conselho de Reitores da AUGM, que se encerra hoje (08). O evento foi organizado pelas Universidades chilenas de Playa Ancha (UPLA) e Valparaíso (UV).

O encontro de reitores sucede uma série de reuniões prévias, das quais participou o assessor para assuntos internacionais, professor César Finger, como representante da UFSM. A participação da Universidade no evento, segundo o reitor Paulo Burmann, visa também destacar a UFSM no cenário da América Latina, colocando a instituição à disposição para sediar futuros encontros da AUGM, bem como reforçar o convite para a participação das instituições parceiras no “Seminário Internacional América do Sul na era nuclear: riscos, desafios e perspectivas”, que será realizado em Santa Maria, entre 19 e 21 de agosto de 2018, em parceria com a ONG Conferências Pugwash.

Ontem, a sessão inaugural do conselho de reitores teve como pauta principal a aprovação de um documento que a AUGM enviará à III Conferência Regional de Educação Superior (CRES), que ocorrerá em junho, em Córdoba, na Argentina. O documento reitera a posição dos dirigentes das instituições pertencentes à Associação em defesa das universidades públicas da América Latina. Os reitores destacam o papel das universidades no desenvolvimento regional e a importância de reivindicar-se o princípio fundamental da educação como um bem público e social, como obrigação de cada Estado para com seus cidadãos. “Como reitores, devemos contribuir para que os diversos atores de nossas sociedades vejam as universidades e os sistemas de ensino superior como contribuintes eficientes e eficazes para o desenvolvimento de nossos povos”, afirmou o presidente da AUGM e reitor da Universidade Mayor de San Andrés (Bolívia), Waldo Albarracín.

Cerca de 30 pessoas em torno de uma mesa de reuniões
33 instituições ligadas à AUGM reunidas no Chile

Além da aprovação da declaração para a CRES 2018, o encontro ainda busca aproximar as instituições pertencentes à AUGM, estreitando relações e fortalecendo os laços de cooperação entre as universidades. Também são avaliados os ingressos de novas instituições na Associação, a programação de futuras reuniões e debatidos outros temas de interesse comum acerca do futuro da educação superior na América Latina.

AUGM – A Associação de Universidades do Grupo Montevideo é uma rede de universidades públicas formada por 35 instituições do Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia e Chile. Além da UFSM, outras onze universidades brasileiras integram o grupo.


Publicações Recentes