Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Reitor participa de conferência latino-americana sobre Tecnologias de Informação e Comunicação

Burmann representa UFSM na Conferência TICAL 2018 e no 2º Encontro Latino-americano de e-Ciência, na Colômbia

O reitor da UFSM, professor Paulo Afonso Burmann, participa, nesta semana, de dois importantes eventos relacionados ao uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), na cidade de Cartagena das Índias, na Colômbia. A oitava edição da Conferência TICAL e o 2º Encontro Latino-Americano de e-Ciência ocorrem de 3 a 5 de setembro, com o tema “Transformação Digital em Instituições de Ensino Superior, Ciência e Cultura”.

Promovidos em conjunto pelo segundo ano consecutivo, os eventos têm como objetivo estabelecer um espaço de intercâmbio de conhecimentos e boas práticas relacionadas ao uso das TIC em áreas consideradas prioritárias, como Biodiversidade, Saúde Eletrônica, Meio Ambiente, Astronomia, Arte e Cultura em Rede, Humanidades e Física de Alta Energia. As conferências também vão explorar o compartilhamento de experiências de implementação de estratégias e soluções de TIC que contribuem para a transformação digital das universidades, em áreas como colaboração, melhoria de processos, personalização, governança e gerenciamento de TIC, e infraestrutura e segurança.

Dentro da programação da Conferência TICAL 2018, nesta segunda-feira (3), Burmann participa de um encontro de reitores, que terá como foco “A transformação digital nas universidades latino-americanas”. Entre os temas que serão abordados nesta atividade estão os desafios da era digital para as universidades, as transformações nas universidades europeias e as estratégias para as instituições latino-americanas.

O TICAL 2018 e o 2º Encontro Latino-Americano de e-Ciência são promovidos pela RedClara, instituição responsável pela implementação e manutenção da infraestrutura de rede que interconecta as Redes Nacionais de Educação e Investigação (RNIE) da América Latina; pelo projeto Building the European Link to Latin America (BELLA), que visa fortalecer a conectividade entre a América Latina e a Europa; e pela Rede Nacional Acadêmica de Tecnologia Avançada da Colômbia (RENATA).