Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Pró-Reitoria de Extensão (PRE) aproxima setores para articular projeto Geoparque

A Pró-Reitoria de Extensão  promoveu uma reunião na última quarta-feira, 31, na Sala dos Conselhos, no intuito de organizar o projeto estratégico institucional Geoparques. O projeto tenta abarcar iniciativas de diversas áreas do conhecimento em dois territórios específicos: Quarta Colônia e Caçapava do Sul, que possuem reconhecido patrimônio fóssil e geológico.

Estiveram presentes professores de diferentes centros de ensino, contemplando áreas como geografia, turismo, arquitetura, história, comunicação, entre outras. A ideia é aproximar pesquisadores que já desenvolvem projetos na região e estabelecer parcerias para o desenvolvimento de novas ações e construir a proposta de um Geoparque.

Professores de diferentes centros de ensino participaram da reunião

Um geoparque consiste em um espaço dotado de patrimônio geológico singular, com proteção legal. O espaço visa desenvolver o turismo, associando divulgação científica e promoção do conhecimento com a cooperação de habitantes locais. Para um território ser reconhecido como geoparque, ele precisa ser avaliado pela Unesco, que emite um selo de qualidade. Na América Latina existem quatro geoparques: um no Brasil, dois no Uruguai e um no México.

Na abertura do evento, o reitor Paulo Afonso Burmann destacou a importância de reunir um conjunto de competências dentro da instituição no sentido de legitimar a proposta. “A perspectiva de termos um Geoparque com o selo da Unesco depende de nós. Deixo um apelo para que cada um, dentro de sua área de conhecimento, possa participar e contribuir com a proposta”, convidou o reitor.