Ir para o conteúdo Cachoeira do Sul Ir para o menu Cachoeira do Sul Ir para a busca no site Cachoeira do Sul Ir para o rodapé Cachoeira do Sul
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Engenharia de Transportes e Logística divulga sua identidade visual



A coordenação do curso de Engenharia de Transportes e Logística da UFSM – Campus Cachoeira do Sul encerrou o processo de criação da identidade visual do curso. Com o objetivo de desenvolver uma logo que contemplasse a atuação do curso e dos seus egressos, a coordenação formou uma comissão para auxiliar na formação de um design visual, com apoio do Colegiado e do Núcleo Docente Estruturante (NDE).

Assim, entre os meses de maio e agosto deste ano, a comissão abriu um concurso para que fossem enviadas propostas de logo para o curso. Ao todo, cinco candidatos enviaram as suas ideias. Todas foram apreciadas pela comissão divulgadas na página do curso no Facebook. De todas as propostas, duas foram escolhidas pela comissão e, a partir delas, foram selecionados os principais pontos, para que se desenvolvesse uma identidade com os requisitos desejados no concurso. Assim, a coordenação do curso contatou uma empresa para que a mesma criasse o projeto final da identidade visual, contemplando os itens selecionados, além de mais alguns requisitos julgados como de suma importância pela coordenação. Durante os meses de setembro a dezembro, várias propostas foram desenvolvidas pela empresa, e foram analisadas pela comissão, coordenação, Colegiado do Curso e NDE.

Segundo o coordenador do curso de Engenharia de Transportes e Logística, Prof. Lucas Ávila, salientou que a consolidação desta identidade visual é primordial principalmente por se tratar de um curso inovador, uma vez que poucas universidades do país possuem este curso e a UFSM – Campus de Cachoeira do Sul é o único no estado do Rio Grande do Sul a oferta-lo. “A logo do curso de Engenharia de Transportes e Logística será utilizada em todos os âmbitos institucionais do curso, buscando fortalecer como uma marca o papel do Engenheiro de Transportes e Logística”, complementa o coordenador. O curso já é regulamentado pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CREA) e formará a sua primeira turma no próximo ano, bem como passará por avaliação no Ministério da Educação – MEC.

Todos os participantes receberão certificado de participação, e os dois primeiros colocados – o Prof. Eduardo Leonel Bottega (1° colocado) e o discente Rafael Araújo (2° colocado) – receberam um livro. Os certificados e premiações, serão informados pela coordenação em breve.


Publicações Recentes