Ir para o conteúdo CAL Ir para o menu CAL Ir para a busca no site CAL Ir para o rodapé CAL
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Edição de 2021 do projeto Encruzilhada de Saberes e Fazeres



O ano novo começa trazendo desejos de saúde, cura, transformação, e com ele seguimos para o último mês da Edição de 2021 do projeto Encruzilhada de Saberes e Fazeres. E na mesma toada dos encontros do ano passado, teremos mais duas rodadas de conversas ainda em janeiro. Mas se você não conseguiu assistir os seis encontros passados, basta visitar nossa página no Facebook que todos eles estão disponíveis por lá – @Dança Bacharelado UFSM – corre lá e aproveita!!
 
Nosso próximo encontro já está bem próximo, será nesta quarta-feira, dia 05/01/2022, às 19h com transmissão ao vivo ali neste mesmo link. E para nossa grande satisfação, teremos a presença de dois grandes parceiros de Porto Alegre  que colaboram com nossas ações desde sempre, Baba Diba de Iyemonja e Mestre Guto. Esse nosso bate papo que está mais para aula magna, traz como tema a representatividade dos povos da diáspora Africana, seus plantios, suas resistências e suas colheitas nessas paragens gaúchas com reverberações em todo o Brasil e no mundo. E para tanto, lançamos o seguinte título “Políticas públicas e os saberes ancestrais: as instituições como espaços para reconhecimentos e representatividades”.
 
A certeza é de que esses grandes parceiros e amigos irão nos contar uma tanto sobre suas andanças e histórias na consolidação de conquistas que refletem sobre suas comunidades nesses processos vivos de aquilombamentos constantes. E, sem sombra de dúvida, acabam por narrar resistências e existências que se juntam num processo contra colonial, antirracista, de afirmação e de reconhecimento dos saberes ancestrais.
 
Ambos, Baba Diba e Mestre Guto, foram apresentados ao nosso projeto e ao curso de Dança Bacharelado pela professora Heloisa Gravina, que também nos conduziu para visitas e trocas tanto no Ilê Ase Iyemonja Omi Olodo, como no Ponto de Cultura Africanamente, espaços que são zelados e cultivados pelos nossos convidados na capital gaúcha.
O papo será muito bom e esperamos que possa nutrir a todas e todos vocês com muita força e axé para o ano que se inicia! Esperamos vocês!!!
 
O projeto possui financiamento FIEX 2021 e é sediado no Curso de Dança Bacharelado do CAL na UFSM. Coordenação e mediação é feita pelo Prof. Flávio Campos e a organização geral fica a cargo d@s Bolsist@s: Jean Marcelo Lopes e Jéssica da Silva.
 
Maiores informações podem ser solicitadas pelos e-mails: flavio.campos-braga@ufsm.br e jean.lopes@acad.ufsm.br. Para a emissão de certificados é preciso preencher o formulário que estará disponível no chat da transmissão.
 
 
Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-368-2818

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes