Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

O CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS QUÍMICOS obtém conceito “4”

O Curso Superior de Tecnologia em Processos Químicos da UFSM encerra o ano de 2014 com chave de ouro, avaliado e reconhecido pelo MEC no início de dezembro deste ano, o curso obteve os conceitos 4,4 para a dimensão Didático-Pedagógica, 4,5 para a dimensão Corpo Docente e o conceito 4,3 para a dimensão Infraestrutura, resultando em um conceito final “4”, o que corrobora a excelente qualidade do curso.

O curso fez sua primeira oferta em 2012 e vem crescendo e conquistando espaço no Departamento de Química, já sendo reconhecido pelo Conselho Federal de Química com 13 atribuições. Grande parte do corpo discente encontra-se inserido em atividades de iniciação científica, tendo em 2014 vários alunos participando de congressos científicos e com apresentação de trabalhos.

De acordo com o relatório emitido pelo MEC, o Projeto pedagógico do Curso contempla muito bem as demandas efetivas de natureza econômica e social da região e os conteúdos curriculares possibilitam o desenvolvimento do perfil profissional. Os avaliadores ressaltam que os laboratórios didáticos especializados atendem de maneira excelente ao curso.

Fazem parte do Corpo docente do curso os professores do Departamento de Química: Claudia Smaniotto Barin (Coordenadora), Paola de Azevedo Mello (Vice-Coordenadora), Cezar Augusto Bizzi, Edson Irineu Muller, Érico M. de Moraes Flores, Fábio Andrei Duarte, José Neri G. Paniz, Marta R. Lopes Tocchetto, Valderi Luiz Dressler, além dos professores Carmem Kloster e Fábio Mallmann Zimmer (Depto de Física) e Marta Olívia R. de Oliveira (Depto de Administração).

É importante salientar que o curso, fundado pelos professores Edson Irineu Muller e Érico Marlon de Moraes Flores, contou com uma importante contribuição da Petrobras tanto através de investimentos financeiros para a implantação de infraestrutura, quanto na viabilização de estágios para o aperfeiçoamento dos alunos, visando maior competitividade dos egressos no mercado de trabalho.