Ir para o conteúdo CCNE Ir para o menu CCNE Ir para a busca no site CCNE Ir para o rodapé CCNE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

1º de Maio, Dia do Trabalhador ou Dia Internacional dos Trabalhadores



    Essa celebração ocorre em vários países do mundo. Através dela comemoram-se os direitos trabalhistas conquistados pelos movimentos da classe trabalhadora, ao longo da história.

 
      Movimentos trabalhistas contra as absurdas condições de trabalho e abusivas cargas horárias (13 horas diárias) ocorreram em 1886 na cidade de Chicago em 1889 e, em Paris em 1920. Nessas manifestações dezenas de pessoas foram mortas e milhares ficaram feridas devido aos confrontos com a força policial. A Rússia adota o 1º de Maio como feriado nacional, este exemplo é seguido por muitos outros países.

      No Brasil, Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo no dia 1º de maio de 1940 e, no dia 1º maio de 1941, foi instalada a Justiça do Trabalho. Outro ponto importante atribuído ao dia do trabalhador foi a criação da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, em 01 de maio de 1943. A data é comemorada desde 1895 e se tornou feriado nacional em setembro de 1925 por um decreto do presidente Artur Bernardes. Também no Brasil havia o costume, dos governos de anunciar, neste dia, o aumento anual do salário mínimo.
 

     O dia 1º de Maio é também para reflexão a cerda do trabalho e do seu caráter social.


Publicações Recentes