Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

PPG MET tem dois trabalhos premiados no XIX Congresso Brasileiro de Meteorologia

O Programa de Pós-graduação em Meteorologia participou do XIX Congresso Brasileiro de Meteorologia (CBMET), ocorrido entre os dias 7 e 11 de novembro, em João Pessoa (PB), ocasião em que recebeu dois prêmios.

O XIX CBMET, evento bianual promovido pela Sociedade Brasileira de Meteorologia (SBMET), contou com palestras e painéis de discussões, conduzidas por especialistas nacionais e internacionais. Os temas abordados são de grande relevância para o entendimento do clima atual e das projeções futuras, que tem forte conexão com a disseminação do potencial de recursos hídricos e a vulnerabilidade hídrica nessas regiões, além de contribuírem para a formação continuada dos profissionais em Meteorologia e áreas afins.

Os trabalhos premiados foram:

– “Perfis verticais de quantidades médias e turbulentas em uma região costeira ao lado de uma usina termoelétrica”, de Otávio Costa Acevedo, Pablo Eli Soares de Oliveira, Claudio Teichrieb e Franciano Puhales, apresentado pelo doutorando em Meteorologia, Samuel Martins da Silva, orientando do professor Otávio Costa Acevedo. Este trabalho utilizou dados atmosféricos coletados em uma torre micrometeorológica de 140m de altura na cidade de Linhares, ES próximo a uma usina termoelétrica. De forma preliminar, o estudo analisou como a atmosfera é afetada pela presença da usina e quais as implicações na dispersão de poluentes emitidos pela mesma.

– “Long term direct CO2 flux measurements over a pampas biome: three years of eddy covariace data”, de Ricardo Acosta Gotuzzo, Débora Regina Roberti, Gisele Rubert, Marcelo Diaz e Osvaldo L. L. De Moraes, apresentado pelo doutorando em Meteorologia, Ricardo Acosta Gotuzzo, orientando dos professores Débora Regina Roberti e Osvaldo L. L. De Moraes. O estudo realizado em conjunto com o Departamento de Zootecnia da UFSM monitora continuamente, desde 2013, o fluxo de carbono (CO2) sobre o bioma Pampa, em uma área de pastagem com atividade pecuária. Os resultados ressaltam o importante serviço ambiental do ecossistema, atuando no sequestro de carbono da atmosfera e, portanto, agindo como importante regulador do sistema climático terrestre.

Com informações do PPG Meteorologia.