Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Conheça Anaelena Bragança: 32 anos de dedicação ao serviço público

Anaelena Bragança de Moraes, professora do Departamento de Estatística da UFSM.

Anaelena Bragança de Moraes ingressou na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) como docente em 1986, a partir de concurso público. Uma de suas principais razões para ingressar na docência do ensino superior foi porque já atuava como professora contratada em uma escola da rede estadual da cidade de Santa Maria.

Com formação em Química Industrial (UFSM-1981), mestrado em Engenharia de Produção (UFSM-1987) e doutorado em Epidemiologia (UFRGS-2007), a atuação de Anaelena na UFSM e suas pesquisas se consolidaram na área de Estatística. Como docente, já lecionou para os mais diversos cursos da instituição, em níveis de graduação e pós-graduação, tais como Agronomia, Ciências Econômicas, Educação Física, Engenharia Acústica, Fonoaudiologia, Matemática e Medicina.

Já são 32 anos de atuação em docência na UFSM, além do trabalho em pesquisa. Esta jornada, para Anaelena, “faz parte da minha vida como um todo e delineou os meus caminhos também na vida pessoal”. Nestas mais de três décadas, além de lutar pelo seus princípios, a professora reforça a importância dos contatos e amizades realizados no âmbito da instituição, tais como os seus alunos dos muitos cursos pelos quais já passou e também os colegas do Departamento de Estatística. Nestes 32 anos, Anaelena salienta que “fazer parte de um serviço público tem muitas dificuldades, como se sabe, mas também nos traz muita satisfação”.

Anaelena conseguiu construir um legado na instituição, que foi corroborado sobre a sua honestidade e transparência, a dedicação com o trabalho e o compromisso de suas tarefas. Sua trajetória, entretanto, ainda visa um objetivo que é alcançar o nível de Professor Titular – classe E da carreira do Magistério Superior, considerado um nível topo da carreira. Após atingir essa meta, Anaelena quer preparar a sua aposentadoria e também pensar em uma nova etapa para a vida fora da universidade, sempre acreditando nas marcas que deixou para inspiração das gerações futuras da UFSM.

 

Texto por: J. Antônio de Souza Buere, acadêmico de Comunicação Social – Produção Editorial e bolsista do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE

Edição: Wellington Gonçalves, relações públicas do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE