Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Reconhecimento e emoção marcam a primeira semana de atividades do CCNE

Na segundo dia letivo, 12 de março, aconteceu a “Cerimônia do Reconhecimento” no Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE), um momento de valorização em época de ataque a classe docente. Em clima de Oscar, os indicados de cinco categorias lotaram o auditório Sérgio Pires, juntamente com estudantes e servidores do Centro. Essa proposta surgiu para integrar os professores na semana de recepção e volta às aulas da universidade, e para os apresentar aos calouros, além de valorizar o trabalho daqueles que transmitem seu conhecimento e formam os profissionais que irão atuar em diferentes segmentos da sociedade.

Professora Carmen Mathias e o Professor Luis Felipe Tatsch Shmidt, ambos do Depto. de Matemática, são reconhecidos como “Profe Mito do CCNE” e posam ao lado da Professora Sonia Cechin, diretora do CCNE

Questionados sobre qual professor faz a diferença nas salas de aula do CCNE, os estudantes indicaram um professor em cada categoria e os dez mais citados concorriam as categorias Gente Boa, Papo Reto, Acolhedor, Fora da Caixa e Mito. Nesse sentido, o que chama mais atenção é o fato de que 88% dos docentes do Centro foram citados, mostrando que os professores conseguem deixar uma marca na vida dos estudantes. “É um privilégio e é muito tranquilo ser diretora desse Centro, com uma equipe tão maravilhosa que eu tenho ao meu redor, além de ser uma alegria imensa para a direção ver um número tão expressivo de professores sendo citados pelos alunos”, disse Sonia Zanini Cechin, diretora do CCNE.

Reconhecida como “Profe Gente Boa”, Luciane Gobbi Tonet ao lado da Professora Sonia Cechin.

Na categoria “Gente Boa”, que elegeu os professores com um jeito descolado de ensinar, Luciane Gobbi Tonet (Depto Matemática) e Mauricio Fronza Da Silva (Depto de Matemática) foram eleitos. Para Luciana, esse reconhecimento é muito importante, “a gente nunca sabe se tá fazendo certo ou errado, cada turma tem suas linhas e em todo semestre a gente acaba mudando para acolher todos da melhor forma e formar pessoas além de excelentes profissionais”,  disse ela emocionada ao receber o prêmio.

Andre W. Borba, Depto de Geociências, reconhecido como “Profe Papo Reto Inspirador”, ao lado de Wellington Gonçalves, relações públicas do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE.

Na categoria “Papo Reto Inspirador”, que contempla os professores com jeito sério de ensinar, Cristina Wayne Nogueira (Depto de Bioquímica e Biologia Molecular) e  Andre Weissheimer de Borba (Depto de Geociência) foram os vencedores. Para Andre foi uma surpresa receber esse reconhecimento dos alunos. Segundo ele, “para trabalhar com coisas abstratas é preciso ter papo reto e não confundir ainda mais os estudantes, sempre trabalhando com seriedade, atualização e respeito”.

Ambos reconhecidos como “Profe Gente Boa”, Antonio Carlos Lyrio Bidel e Maria Angelica Oliveira Linton ao da Professora Sonia Cechin.

Já na categoria “Acolhedor”, que representa os professores com jeito amigável de ensinar, Maria Angelica Oliveira Linton (Ciências Biológicas) e Antonio Carlos Lyrio Bidel (Depto de Matemática) levaram o prêmio e destacaram em suas falas a importância do reconhecimento e de manter uma boa relação com os estudantes. Antonio destacou que “é importante entrar em sala de aula motivado, mostrando leveza e dando a oportunidade do aluno ver que nem tudo é tão complicado quanto parece”.

Professor Davi Back, Depto de Química, reconhecido como “Profe Fora da Caixa” ao lado de Sônia Cechin, diretora do CCNE.

Na categoria “Fora da Caixa”, que elegeu os professores com jeito fora da caixa de pensar e de ensinar, Andressa Paladini (Depto. Ecologia e Evolução) e Davi Fernando Back (Depto de Química) foram os escolhidos e para o professor, ser escolhido fora da caixa foi surpreendente. “É bem motivador começar o semestre assim e sobre ser fora da caixa, eu me coloco no lugar dos alunos, eu tento dar exemplos, eu tento colocar o estudante na posição de profissional para que assim o aluno saiba como é ser profissional e o profissional entenda como é ser estudante”, disse ele ao ser anunciado vencedor.

Além disso, foi eleito o “Mito do CCNE”, para contemplar os professores que são reconhecidos tanto quanto os Mitos Charles Darwin, Milton Santos, Marie Curie, Gertrude Cox, Pitágoras de Samos, Albert Einstein e Vilhelm Bjerknes.

Fala final da Professora Carmen Matias ao lado do Professor Felipe Schmidt e equipe do CCNE, Rozieli Silveira da Unidade de Apoio Pedagógico (UAP), Wellington Gonçalves e Professora Sonia Cechin.

Os premiados foram Luis Felipe Tatsch Schmidt (Depto de Matemática) e Carmen Vieira Mathias (Depto. de Matemática). Luis, que é professor substituto e despede-se da UFSM por conta do fim do seu contrato, reiterou a importância de amar o que faz para transmitir isso aos alunos, além de falar da alegria em ser docente do curso onde ele se formou em 2015. Já Carmen garantiu que “o prêmio é de todos, todos os professores indicados tem muito a contribuir e já contribuíram muito na minha formação, porque eu comecei aqui e é muito gratificante ser mito do CCNE”.

Servidores e discentes lotam o Auditório Sergio Pires e encerram a Cerimônia do reconhecimento ovacionando os indicados e ganhadores do prêmio.

Para muitos dos presentes, essa ação serviu de estímulo para continuar cada vez mais envolvido com os estudantes. Em muitos depoimentos emocionados, os docentes relataram como são felizes e realizados por estarem em sala de aula e serem reconhecidos por seus estudantes. “A ideia dessa ação foi motivar esses professores que já estão fazendo um bom trabalho a continuar e trazer uma reflexão sobre as metodologias utilizadas em sala de aula para acessar e fazer a diferença no aprendizado da geração atual”,  disse Sônia ao encerrar a cerimônia.

Conheça os indicados em cada categoria:

Gente Boa:  Mauricio Fronza da Silva, Luciane Gobbi Tonet, Joecir Palandi, Rogemar Andre Riffel, Cesar De David, Cristiano Giacomelli, Vanessa Schmidt Giacomelli, Hekatelyne Prestes Carpes, Rochele Sogari Picoloto e Claudia Candida Pansonato.

Papo Reto Inspirador: Andre Weissheimer de Borba, Cristina Wayne Nogueira, Fabio Mariano Bayer, André Passaglia Schuch, Juliano Mouro, Sailer Santos Dos Santos, Rita de Cassia Pistoia Mariani, Meri Lourdes Bezzi, Daiana Aparecida Da Silva Flores e Diomar Cristina Mistro.

Acolhedor: Antonio Carlos Lyrio Bidel, Maria Angelica Oliveira Linton, Ricardo Fajardo, Paulo Cicero do Nascimento, Fernando de Jesus Moreira Junior, Augusto Maciel da Silva, Renata Rojas Guerra, Maria Cecilia Pereira Santarosa, Darliana Mello Souza e Fatima Squizani.

Fora da Caixa: Davi Fernando Back, Joao Roberto Lazzarin, Luiz Fernando Schelp, Jose Antonio Trindade Borges da Costa, Aguinaldo Medici Severino, Alice de Jesus Kozakevicius, Andressa Paladini, Celene Buriol, Débora Regina Roberti e Marta Regina Lopes Tocchetto.

Mito do CCNE: Luis Felipe Tatsch Schmidt, Carmen Vieira Mathias, Davi Fernando Back, Maria Angélica de Oliveira Linton, Antonio Carlos Lyrio Bidel, Andre Weissheimer de Borba, Andressa Paladini, Vanessa Schmidt Giacomelli, Mauricio Fronza da Silva e Hekatelyne Prestes Carpes.

Texto por: Jéssica Medeiros, acadêmica de comunicação social – jornalismo e bolsista do Núcleo de Divulgação Institucional do Centro de Tecnologia da UFSM

Edição: Wellington Gonçalves, relações públicas do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE