Ir para o conteúdo CCNE Ir para o menu CCNE Ir para a busca no site CCNE Ir para o rodapé CCNE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

PET-Bio apresenta a profissão e promove tour pelos laboratórios da Unidade



Estudantes em visita aos Laboratórios

Pensando nas diferentes áreas que o profissional formado em Ciências Biológicas pode atuar, o Programa de Educação Tutorial (PET) da Biologia tomou iniciativa e promoveu uma atividade direcionada aos calouros do curso para que conheçam os laboratórios do Centro de Ciências Naturais e Exatas (CCNE) vinculados ao curso e, assim, aproximando-os da sua futura profissão. Ao todo, trinta e dois laboratórios foram visitados entre os dias 18 e 29 de março, dando base e conhecimento aos recém chegados à Universidade, para que façam escolhas mais seguras durante a graduação e já vejam possibilidades para seu futuro profissional, através da Iniciação Científica.

Na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o curso de Ciências Biológicas surgiu em 1979 com a reformulação do antigo curso de História Natural. Atualmente, conta com 185 estudantes matriculados e cerca de 50 professores compondo o corpo docente. Ainda nesse contexto, na UFSM, o aluno opta pelo Bacharelado ou Licenciatura até o final do terceiro semestre da faculdade, levando em consideração sua afinidade com a área e seus projetos para o futuro. Quem escolhe o bacharelado poderá atuar como responsável técnico em projetos que envolvam o meio ambiente ou qualquer espécie de ser vivo. Já aqueles que optam pela licenciatura tem em seu campo de atuação, a pesquisa científica e o magistério. 

Estudantes em visita ao laboratório

Um dos laboratórios visitados foi o Laboratório de Sistemática, Entomologia e Biogeografia, coordenado pela professora Andressa Paladini. Voltado aos alunos da biologia, a equipe do laboratório desenvolve pesquisas sobre a sistemática e a evolução de insetos, além de contar com projetos de extensão desenvolvidos no Jardim Botânico. Segundo a professora, “são oportunidades como essa que despertam o interesse dos estudantes e os fazem procurar a iniciação científica, dando a chance deles se tornarem cientistas também”.

Através dessa atividade, o PET se preocupou em fornecer informações em relação às distintas possibilidades de atuação do profissional biólogo, bem como das próprias áreas de pesquisa dentro da Instituição onde os acadêmicos poderão atuar. Para a estudante Clara Tornquist, bolsista do Pet Biologia, é muito construtivo estar a frente de atividades que apresentem o Centro e deem novos horizontes aos calouros. “Estar no PET já é uma experiência incrível e ter essa oportunidade de planejar e executar ações como essa é muito gratificante, principalmente por estar contribuindo na formação dos alunos que estão começando agora”, destaca ela.

Texto por: Lucas Zimmermann, acadêmico de Comunicação Social – Relações Públicas e bolsista do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE

Revisão: Wellington Gonçalves, relações públicas do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE


Publicações Recentes