Ir para o conteúdo CCNE Ir para o menu CCNE Ir para a busca no site CCNE Ir para o rodapé CCNE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Por meio de viés lúdico, projeto estimula o interesse de estudantes da educação básica pela matemática



Ao ser procurado por estudantes de licenciatura, interessados em apresentar uma palestra no Ciclo de Palestras do Curso de Matemática, em 2007, o professor Ricardo Fajardo sugeriu a eles que falassem sobre “matemágica”. A ideia já tinha sido trabalhada pelo professor, quando ele lecionava para o ensino médio. Os acadêmicos envolvidos gostaram tanto do trabalho, que após a preparação e apresentação da palestra, eles decidiram transformar a ideia em um projeto de extensão. O projeto foi tão bem sucedido que já se encontra em sua sétima edição. “Esse projeto se tornou muito importante pra mim, pois era um viés lúdico de divulgar e estimular o estudo da Matemática. Por essa razão, quase todos os anos houve esse projeto de extensão”, disse o professor Ricardo. Apesar do sucesso do projeto, ele já não tem mais tanta visibilidade ou interesse da parte dos acadêmicos. “Atualmente, há outros grupos que já estão trabalhando com esse viés, o que é ótimo; significa que outras pessoas se interessaram pela nossa proposta”, explica o coordenador. 

O “Matemágica” busca ensinar aos acadêmicos do curso de Matemática – Licenciatura, bem como professores de matemática da educação básica, métodos lúdicos de ensinar alguns conteúdos matemáticos. Além disso, o projeto busca estimular o interesse dos alunos da educação básica pela Matemática. A metodologia consiste em reuniões semanais com os membros participantes do projeto, oficinas apresentadas ao longo do ano para os professores de matemática da educação básica e apresentações de “Matemágica” para grupos de alunos de escolas do município. As oficinas com professores e grupos de alunos são divididas em quatro momentos: a apresentação da matemágica, formação de grupos para refletir e analisar sobre a matemágica, o compartilhamento das reflexões feitas pelos grupos e, por fim, um debate sobre como os truques “matemágicos” podem ser utilizados como motivação para o ensino da matemática em sala de aula. O contato e a inserção do projeto nas escolas é facilitado por uma parceria com o Programa Municipal de Educação Fiscal de Santa Maria, que também ajuda na divulgação das ações.

Desde 2007, o projeto já participou de vários eventos apresentando oficinas. Em 2010, no Encontro Nacional de Educação Matemática; na Escola de Inverno de Educação Matemática (evento bianual), na semana Acadêmica do CCNE, além de receberem convite para participarem da Semana Acadêmica de Matemática da UNOChapecó. Também já foram publicados inúmeros artigos em eventos na forma de relatos de experiência. Mais recentemente, em 2017, com auxílio da Pró-Reitoria de Extensão, o projeto publicou um e-book. 

Além de ser uma forma de despertar o interesse pelo estudo da matemática, o “Matemágica” é uma oportunidade da UFSM se aproximar das escolas do município. Espera-se que, com as oficinas, os professores passem a vislumbrar o viés lúdico da “matemágica” como meio didático-pedagógico de ensino, não só para as séries iniciais, mas também para as séries finais do ensino fundamental e para o ensino médio. E tendo em vista que estes professores, e os acadêmicos que virão a ser professores, são os agentes multiplicadores da ação, a motivação através dos truques “matemágicos” poderão atingir muitos alunos através dos anos.

 

Texto por: Gerônimo Souto Lima, acadêmico do curso de Comunicação Social – Produção Editorial e bolsista do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE

Revisão: Wellington Gonçalves, relações públicas do Núcleo de Divulgação Institucional do CCNE


Publicações Recentes