Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

​Acertados detalhes da criação do Centro de Triagem de Animais Silvestres

O superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) no Rio Grande do Sul, João Pessoa Riograndense Moreira Júnior, esteve reunido na manhã desta quarta-feira com uma equipe da UFSM para tratar dos detalhes finais da criação do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) no campus da universidade. 

Participaram do encontro, além de representes do Ibama e da Eletrobrás (responsável pela obra), o reitor, Paulo Burmann, o vice-reitor, Paulo Bayard Dias Gonçalves, os pró-reitores de Planejamento, Frank Leonardo Casado, Infraestrutura, Eduardo Rizatti, e Administração, José Carlos Segalla, além do secretário geral do Gabinete do Reitor, Marionaldo da Costa Ferreira. 

O Cetas, que é vinculado ao Ibama, receberá animais silvestres apreendidos na Região Central. A área total do prédio será de 253,7 m², e a obra foi orçada em R$ 797,2 mil. O centro será construído próximo ao Hospital Veterinário e deve estar pronto em no máximo um ano. 

Quando estiver funcionando, o Cetas fará a triagem, a avaliação e a reabilitação de animais silvestres apreendidos em ações de fiscalização. Atualmente, o serviço existe apenas em Porto Alegre e Pelotas. Na região central, a triagem é feita pelo Criadouro Conservacionista São Braz.

A responsabilidade da obra é da Eletrobrás, por conta de um Termo de Compromisso de Conversão de Multa assinado com o Ibama em 2011, devido a um dano ambiental causado pela hidroelétrica de Quebra Dentes, em Quevedos.

cetas 2015

Notícia elaborada pela Assessoria de Imprensa do Gabinete do Reitor