Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Ciclo de documentários brasileiros encerra-se nesta quinta-feira (26)

O último filme do ciclo “Cinema e Realidade: Documentários Brasileiros”, promovido pelo Cineclube da Boca, será exibido nesta quinta-feira (26), às 19h, no auditório do prédio 67.

Trata-se de “Meu nome é Jacque” (2016, 80 min.), de Angela Zoé.

A diversidade, a aceitação e os preconceitos são narrados através do olhar sobre a história de vida de Jacqueline Rocha Côrtes, uma mulher transexual, portadora do vírus da Aids há mais de 20 anos. Militante pela causa, Jacque tem a vida marcada por lutas e conquistas, chegando a trabalhar como representante do governo brasileiro e na Organização das Nações Unidas, quebrando paradigmas e derrubando preconceitos.

Atualmente, é casada e mãe de dois filhos, mora em uma pequena cidade e leva uma vida voltada para a maternidade, família e espiritualidade. O documentário apresenta o cotidiano da personagem e nos leva a refletir sobre o preconceito, a homolesbotransfobia, a luta por respeito, a superação e o desejo de levar uma vida simples e feliz.

Entrada gratuita.

Com informações do Site UFSM