Ir para o conteúdo CCSH Ir para o menu CCSH Ir para a busca no site CCSH Ir para o rodapé CCSH
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Departamento de Ciências da Comunicação

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO (DCCom)
Contato: (55)32208491
E-mail: daacom.ccsh@ufsm.br
Endereço: PRÉDIO 21, TÉRREO, SALA 5238 – AVENIDA RORAIMA nº 1000
Secretaria
Contato: 55 3220 8811
E-mail: daacom.ccsh@ufsm.br
Endereço: prédio 21, sala 5237 – Roraima nº 1000

Objetivos da Pesquisa

 

 

 

Hipótese

A hipótese central da pesquisa é de que jornalistas e organizações de notícias em todo o mundo estão sendo confrontados com uma crise sem precedentes e multifacetada. Em muitos contextos, essa crise – sem paralelo na história dos meios de comunicação modernos – é vista como uma séria ameaça ao jornalismo e sua futura existência como uma instituição social de vital importância para a democracia e a governança, o que impacta as percepções dos jornalistas sobre a própria profissão.

 

Objetivo primário

O WJS3 visa estudar os níveis de risco e incerteza que os jornalistas enfrentam em todo o mundo. Ao fazê-lo, o estudo se propõe a entender melhor as maneiras pelas quais o jornalismo lida e se adapta ao risco e à incerteza em diferentes contextos políticos, socioeconômicos e culturais, e como o jornalismo se desenvolveu ao longo do tempo. Em consonância com nosso quadro teórico geral, avaliamos essas percepções nas seguintes áreas-chave críticas para o exercício do jornalismo: autonomia editorial, influências no jornalismo, papéis jornalísticos, epistemologias jornalísticas, ética profissional, segurança e resiliência dos jornalistas, bem como as condições de trabalho. Em um sentido mais amplo, o principal objetivo do projeto é ajudar pesquisadores, profissionais e formuladores de políticas de jornalismo a entender melhor as mudanças que estão ocorrendo nas orientações profissionais dos jornalistas, as estruturas de oportunidades em que trabalham, bem como o(s) papel(es) do jornalismo em um mundo em mudança.

 

Objetivos secundários

O estudo estabelece como objetivos secundários: (a) estudar níveis e fontes de risco que jornalistas e organizações de notícias estão enfrentando em todo o mundo, bem como suas manifestações e consequências; (b) compreender as formas de enfrentamento e adaptação ao risco e incerteza entre jornalistas e organizações de notícias em diferentes contextos políticos, socioeconômicos e culturais; (c) avaliar, de forma mais geral, o estado do jornalismo ao redor do mundo como é percebido pelos jornalistas em um momento de mudança dramática dentro da instituição da mídia noticiosa; (d) comparar as percepções de risco e incerteza dos jornalistas em todas as sociedades e identificar os principais fatores que impulsionam as diferenças transnacionais na maneira como os jornalistas concebem e lidam com o risco e a incerteza; (e) rastrear mudanças nas percepções de risco e incerteza dos jornalistas ao longo do tempo, comparando evidências recentes com pesquisas anteriores (por exemplo, de WJS1 e WJS2); (f) criar uma infraestrutura de dados robusta sobre as percepções de risco e incerteza dos jornalistas e sobre o estado do jornalismo em geral, bem como disponibilizá-lo para análises secundárias; (g) fomentar a colaboração internacional e a troca de conhecimento na área das percepções de risco e incerteza dos jornalistas e no campo dos estudos de jornalismo em geral, por meio do envolvimento em pesquisas colaborativas.