Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Grupo de Pesquisa do PPGE debate novas teorias e práticas para formação docente

Joaquin Paredes (UAM) ministra palestra sobre tecnologias e educação

O grupo de Pesquisa Formação Cultural, Hermenêutica e Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/CE) promove, de 10 a 12 de outubro, o VI Colóquio Formação de Professores: Novas Teorias, Novas Práticas. O evento contará com a participação especial do professor Joaquin Paredes, da Universidad Autónoma de Madrid (UAM), que ministrará palestra sobre o uso de tecnologias no campo da educação.

A programação contará com palestras, discussões de projetos de mestrado e teses de grupos de pesquisas, realizadas no auditório 109 do Núcleo de Tecnologias Educacionais da UFSM.

O evento tem como objetivo divulgar os resultados do projeto de pesquisa “Catástrofe, Trauma e Resistência: Experiência Estética”, custeado pelo Conselho Nacional de Pesquisa Científica (CNPq) e realizado entre 2013 e 2016. Entre os objetivos do projeto estava o entrevistar professores da UFSM que perderam alunos durante a tragédia da Boate Kiss, ocorrida no dia 27 de janeiro de 2013, analisando se o fato modificou o cotidiano pedagógico dos docentes. Outra proposta era investigar obras de autores que se debruçaram sobre o tema do holocausto nos últimos tempos, na perspectiva da literatura de testemunho, para tecer cruzamentos entre as noções de catástrofe, trauma e resistência.

A mesa de abertura do colóquio, “Aprender com a dor, ensinar por amor”, será coordenada pelo professor Amarildo Luiz Trevisan na quinta-feira (10), às 8h30. Em seguida, será ministrada a palestra “Faixas pretas sobre o arco, o ciclo de uma tragédia na voz dos professores” pela psicóloga Rosana D’Ório, pós-doutoranda do grupo de pesquisa do PPGE/UFSM.

Na sexta-feira (11), haverá a composição de duas bancas: a dissertação de mestrado “Os professores na crise: os saberes da docência diante da dor do outro”, de Fabiane Bortoluzzi Angelo, e a de qualificação de tese de doutorado “Educação e barbárie: a docência na prevenção à catástrofe”, de Adalberto Dutra Rossatto.

O colóquio terá apoio do Núcleo de Educação e Tecnologia – NTE/UFSM e do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE/UFSM.

A programação completa pode ser acessada aqui. As inscrições podem ser feitas neste link.