Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Missão acadêmica da UFSM e UCS participam na Argentina, de jornadas sobre educação Latinoamericana

 Docentes e acadêmicos da Universidade Federal de Santa Maria e da Universidade de Caxias do Sul participaram de missão acadêmica em duas universidades da Argentina, entre os dias 18 e 24 de setembro, para tratar de temas relacionados à educação na contemporaneidade.

Pesquisadores e alunos de dois programas de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Federal de Santa Maria, uniram-se a professores e estudantes da Universidade de Caxias do Sul (UCS), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS – Campus Bento Gonçalves), da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI – Santiago) e da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA – Campus São Borja) para participar de jornadas interuniversitárias na Universidad Nacional Del Centro de La Provincia de Buenos Aires e Universidad Tres de Febrero.

https://sou.ucs.br/noticias/wp-content/uploads/2017/10/1Discentes-e-docentes-da-UCS-UNICEN-e-UFSM-e1509389991919-1024x598.jpg

Discentes e docentes da UFSM, UCS, da UNICEN em Tandil, Argentina.

 

Universidad Nacional Del Centro de La Provincia de Buenos Aires
Em Tandil, nos dias 18 e 19 de setembro, o grupo foi recebido na Universidad Nacional Del Centro de La Provincia de Buenos Aires (UNICEN) por participantes do Programa de Postgrado en Educación, Maestría y Doctorado da instituição, que é coordenado pela professora Margarita Sgro.

Na ocasião, visitaram o campus e compartilharam experiências com acadêmicos de graduação, pós-graduação e pesquisadores locais, além de conhecerem a relação dos estudantes com as políticas educacionais. Nas Jornadas Interuniversitarias de Pos Grados en Educación: Educacion y emancipación en el pensamiento latinoamericano, discentes da UFSM e UCS, sob a coordenação das mesas de trabalhos dos professores da missão, apresentaram trabalhos em painéis temáticos sobre a teoria de Paulo Freire e as relações com suas pesquisas atuais. Essas produções serão transformadas em artigos para publicação até o início de 2018.

Universidad Tres de Febrero
Em Buenos Aires, nos dias 21 e 22 de setembro, a missão participou de estudos e seminários na Universidad Tres de Febrero (UNTREF), onde foi acolhida pela professora Maura Ramos, a Cátedra de Problemática y Perspectiva de la Educación Contemporánea y Actualización del Pensamiento Pedagógico e a equipe Conceptos sobre infancia, escuela y enseñanza en materiales curriculares y reglamentaciones de la Provincia de Buenos Aires. Além da participação nas Jornadas Interuniversitarias de Posgrados en Educacíon: categorías pedagógicas en la educación latinoamericana, o trajeto na instituição de ensino percorreu os campi Caseros I e II. No último, conheceram a livraria da Editora Untref e o Museu Universitário, que recebia a Bienal do MercoSul.

https://sou.ucs.br/noticias/wp-content/uploads/2017/10/2Participantes-das-Jornadas-na-UNTREF-Buenos-Aires-1024x768.jpg
Participantes das Jornadas na UNTREF, em Buenos Aires.

 

Enriquecimento acadêmico, científico e cultural
O coordenador da missão pela UFSM, prof. Dr. Amarildo Luiz Trevisan, lembrou que um certo pensamento neoconservador no Brasil tem procurado desacreditar a teoria de Paulo Freire e sua importância para a Educação. Porém, o que se observa fora do Brasil, como foi o caso dessa missão na Argentina, essa valorização só tende a crescer. Inclusive lembra que no seu período de pós-doutoramento em Madri (2014-2015) pôde conhecer vários prédios e experiências construídos em grandes universidades europeias batizados com o nome de Paulo Freire. “É como um profeta que não é bem aceito na sua terra, não é? – questiona o prof. Amarildo. E complementa que o problema todo é a não aceitação de um olhar pós-colonial para o que estamos fazendo na Educação. De alguma forma ainda continuamos perpetuando o olhar do colonizador, ironiza Trevisan. Mas ele acredita que foi de muito proveito ter possibilitado essa imersão para professores e estudantes brasileiros em universidades que tem um olhar diferenciado nas políticas de educação e que estão desenvolvendo um olhar latino-americano sobre os seus problemas educacionais, que são comuns a nós.

Já o coordenador da missão, pela UCS, prof. Dr. Geraldo Antônio da Rosa acredita que a proposta alcançou os objetivos de promover a internacionalização dos debates acerca da formação dos docentes no Brasil e na Argentina, aproximar o Programa de Pós-Graduação em Educação da UCS, das demais instituições brasileiras envolvidas e de instituições da América do Sul a refletir sobre o desenvolvimento da educação e a criação de novas oportunidades para superar desafios. “A experiência contribuiu para o enriquecimento acadêmico, científico e cultural dos participantes”, afirma, acrescentando que o projeto terá continuidade a partir da publicação de dois livros provenientes das pesquisas realizadas e de um seminário internacional em 2018, na Universidade de Caxias do Sul.

Fotos: Gisele Beluso, aluna do Doutorado em Educação da UCS.