Ir para o conteúdo CE Ir para o menu CE Ir para a busca no site CE Ir para o rodapé CE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projetos Concluídos

Aprendizagem da docência: processos formativos de estudantes e formadores da educação superior (Projeto de Pesquisa)

O estudo aqui proposto é um aprofundamento da pesquisa Aprendizagem docente e processos formativos: movimentos construtivos da professoralidade na educação básica e superior, aprovado pelo CNPq, chamada PQ 10/2009, processo nº 304863/2009-2. A temática dessa pesquisa envolveu a compreensão dos movimentos da professoralidade da educação básica e superior. Os estudos de BOLZAN (2002, 2004, 2005a, 2005b , 2005c, 2006, 2007a-2009a, 2007b, 2008, 2009b, 2010-2012); BOLZAN; ISAIA, 2006, 2007, 2008); ISAIA e BOLZAN (2006a, 2006b, 2007a, 2007b, 2008, 2009); ISAIA (2003a, 2003b, 2006a, 2006b, 2007-2010, 2008); ANASTASIOU (2002, 2004);PIMENTA (2002), TARDIF (2005); GARCIA (1997, 1998); SHÖN (1992,1997, 2000); SARMENTO (1994); PÉREZ GÒMEZ (1990,1997) darão a sustentação teórica a esta nova pesquisa, intitulada Aprendizagem da docência: processos formativos de estudantes e formadores da educação superior. Nosso foco é aprofundar a compreensão relativa às concepções sobre aprendizagem docente dos estudantes e professores formadores das licenciaturas (inicialmente pedagogia e educação especial) e como estas implicam nos processos formativos da docência. A relevância desta investigação coloca-se, pois, na busca de uma maior aproximação entre os estudos teóricos abordados durante os processos formativos iniciais dos estudantes e do desenvolvimento profissional de formadores de professores, levando-se em conta os modos como aprendem a docência. Assim, optamos pela narrativa sociocultural por se tratar de um estudo qualitativo, comportando uma análise que centra sua atenção nos processos de construção coletiva, a partir da realidade dos sujeitos participantes do processo. Por meio da análise da atividade discursiva/narrativa dos professores formadores e dos estudantes em formação inicial é possível fazer uma leitura dos significados e dos sentidos das atividades de estudo experienciadas. Esta abordagem implica a compreensão do processo de transformação, no qual os participantes da investigação explicitam suas ideias, revelando a subjetividade/objetividade das relações vividas na construção da docência (CONNELLY e CLANDININ (1995); ARNAUS (1995), FERRER (1995), McEWAN (1998); FREITAS (1994a, 1994b, 1998a, 1998b, 2000); BOLZAN, (2001, 2002, 2009-2012). Acreditamos que, ao compreender as concepções sobre aprendizagem docente manifestadas pelos estudantes e professores formadores e suas implicações nos processos formativos da docência seja possível contribuir para a (re)construção das bases epistemológicas que constituem os movimentos desse processo de aprender. Assim, este projeto de pesquisa será desenvolvido em três etapas: na primeira etapa, buscaremos realizar um estudo exploratório capaz de nos auxiliar na elaboração de categorias a partir das entrevistas realizadas; na segunda etapa, levantaremos as ideias que os sujeitos/colaboradores do estudo construíram acerca de sua aprendizagem docente e seu impacto nos processos formativos, a fim de identificar as recorrências que caracterizam os elementos constituintes das categorias; na terceira e última etapa, buscaremos explicitar a repercussão dos conhecimentos e saberes apropriados pelos colaboradores a partir das atividades de estudos desenvolvidas. Acreditamos que este estudo contribuirá para a compreensão das construções pedagógicas e epistemológicas na formação inicial e ao longo do desenvolvimento profissional de professores.

 

Cultura Escrita: saberes e fazeres docentes em construção (Projeto de Pesquisa e Extensão)

Este projeto de pesquisa constitui-se por meio do trabalho coletivo entre investigadores do Grupo de Pesquisa Práticas Educativas e Formação de Professores – GPFOPE, professoras do Centro de Educação e do Sistema Público de Ensino, acadêmicos dos cursos de Pedagogia, Educação Especial, Especialização em Gestão Educacional, Mestrado e do Doutorado em Educação da Universidade Federal de Santa Maria-UFSM. Esta pesquisa objetiva compreender o processo de construção da leitura e da escrita de estudantes, dos Sistemas de Ensino Municipal e Estadual, em fase de alfabetização e refletir sobre esta construção a partir das concepções docentes acerca da alfabetização. A abordagem do estudo é sociocultural, apoiado nas narrativas das professoras. Neste sentido, buscamos, a partir dos estudos sobre o processo de construção da leitura e da escrita, propiciar condições de autoria pedagógica e autonomia cognitiva aos diferentes sujeitos envolvidos na pesquisa, além de possibilitar a formação continuada em serviço. Além de favorecer a interação grupal, a discussão do papel do professor alfabetizador, as mediações pedagógicas e suas implicações na construção da língua escrita. A proposta poderá colaborar para a produção de inovações pedagógicas e contribuir para o avanço dos estudantes em processo de construção da lectoescrita. Este estudo possibilitará às professoras e aos pesquisadores do GPFOPE, a construção de um espaço para problematizar saberes e fazeres, acerca da alfabetização, permitindo melhoria na direção de “novos modos” de produzir estratégias pedagógicas neste campo.

 

Aprendizagem Docente e Processos Formativos: movimentos construtivos da professoralidade na educação básica e superior

O estudo aqui proposto insere-se na linha de Pesquisa: Formação, Saberes e Desenvolvimento Profissional do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Maria/RS. A partir dos estudos de ISAIA e BOLZAN (2003; 2004; 2005; 2006), ZABALZA (2004), ANASTASIOU (2002; 2004), PIMENTA (2002), ALTET (2002), TARDIF (2005) e ROGOFF (1994; 1995), pretendemos, nesta pesquisa, obter uma maior compreensão a respeito de como os professores que atuam na educação básica e superior se apropriam dos conhecimentos para praticar a docência, durante a formação continuada e em serviço, aproximando-os vez ou outra das questões práticas, buscando compreender de que forma esse processo repercute no seu fazer pedagógico. A relevância deste estudo coloca-se, pois, na busca de uma maior aproximação entre os estudos teóricos durante a formação profissional e as práticas docentes que se realizam no cotidiano pedagógico, levando-se em conta os movimentos constitutivos da professoralidade. Valendo-nos das temáticas em pauta, adotaremos uma abordagem metodológica de cunho qualitativo e sociocultural, envolvendo várias formas de pesquisa e modos de tratamento dos achados. Assim, optamos pela abordagem narrativa sociocultural que é uma abordagem complexa por se tratar de um estudo qualitativo que comporta uma análise que centra sua atenção nos processos de construção coletiva, a partir da realidade sociocultural dos sujeitos participantes do processo, pois, através da análise da atividade discursiva/narrativa dos professores é possível fazer uma leitura dos significados das atividades dos docentes. Esta abordagem implica a compreensão do processo de transformação, no qual os participantes da investigação explicitam suas idéias, revelando a subjetividade/objetividade das relações sociais vividas na docência. (CONNELLY E CLANDININ, 1995; BOLZAN, 2001, 2002). Observamos que o tratamento dos achados nem sempre é fácil de ser efetivado, uma vez que em muitas situações as reconstruções das entrevistas e das narrativas dependem da colaboração do interlocutor que foi sujeito do estudo e que precisará anuir com a publicização do material coletado. A investigação narrativa transcorre dentro de uma relação entre os pesquisadores e os participantes/docentes, constituindo-se em uma comunidade de atenção mútua, o que, sem dúvida, denota o esforço e empenho em que sujeitos participantes e pesquisadores se envolvem. Neste sentido, pretendemos encontrar, através desta pesquisa, possíveis respostas sobre os processos de profissionalização docente. Acreditamos que, compreendendo quais concepções norteiam suas práticas e como estas se consolidam ao longo de sua formação profissional, seja possível a (re)construção das bases epistemológicas que constituem os movimentos construtivos da docência. Desse modo, este projeto de pesquisa será desenvolvido em três etapas: na primeira etapa, buscaremos realizar um estudo exploratório capaz de nos auxiliar na construção de conjunto de categorias a partir das entrevistas realizadas; na segunda etapa, levantaremos as idéias que eles construíram acerca de sua aprendizagem docente e sua repercussão nos movimentos constitutivos da professoralidade; na terceira e última etapa, buscaremos explicitar a repercussão dos conhecimentos apropriados/aprendizagem docente ao longo de suas trajetórias formativas e sua relação com as práticas pedagógicas que desenvolvem em suas classes. Deste modo, acreditamos que este estudo contribuirá para a compreensão das construções pedagógicas e epistemológicas na formação profissional dos professores na educação básica e superior.

 

Atividades Diversificadas na Sala de Aula: Compartilhando e Reconstruindo Saberes e Fazeres sobre Leitura e Escrita

Objetivos:

Construir uma proposta integrada de trabalho entre as escolas dos Sistemas de Ensino Público e Particular e a Universidade, através das atividades nas disciplinas: Processos de Leitura e Escrita I e II, Organização do Trabalho Pedagógico e Práticas Educativas I, II, III, VI, V e VII do Departamento de Metodologia do Ensino, envolvendo estratégias de exploração sobre a leitura e a escrita nos estágios de observação participada e práticas de ensino.

Compreender as práticas de alfabetização em vigência nsa primeiras séries dos anos iniciais do Ensino Fundamental, nas escolas dos Sistemas de Ensino Público e Particular de Santa Maria.

Descrição:

Essa pesquisa desenvolve-se através de observações participantes em classes de alfabetização e da realização de circuitos de atividades diversificadas envolvendo a leitura e a escrita iniciais.

 

Aprendizagem Docente e Processos Formativos: Novas Perspectivas para a Educação Básica e Superior

Objetivos:

Conhecer as concepções sobre a aprendizagem docente das professoras em formação inicial, continuada e em serviço em diferentes níveis de ensino.

Identificar quais os movimentos construtivos são produzidos no processo de aprendizagem docente nos diferentes níveis de Ensino – Educação Básica e Superior.

Descrição:

Este projeto caracteriza-se pelo estudo interinstitucional e integrado envolvendo professores da educação básica e superior, promovendo a formação inicial, continuada e em serviço a partir da construção de uma rede de interações e mediações capazes de promover o processo de aprendizagem docente, elemento construtivo da professoralidade.Tal processo organiza-se a partir de movimentos construtivos desencadeados pela trajetória profissional.

 

Leitura de Mundo e Vivências Pedagógicas: O Processo de Formação Docente em Construção – Pesquisa e Extensão

Objetivos:

Discutir temáticas relativas ao processos formativos educacionais, bem como aprofundar os entendimentos sobre as concepções referentes ao aprender, ensinar, educar, formar, [re]significar, construir, rememorar, estabelecer relações, e compartilhar concepções relativas a aprendizagem da docência na Educação Básica e Superior.

Descrição:

 O trabalho desenvolve-se através da leitura de imagens oferecida nos Ciclos de Cinemas e Vídeos. Assim, com base nas cenas fílmicas assistidas e no aprofundamento teórico, proporcionado a partir das discussões sobre temáticas referentes aos processos de ensinar, de aprender, de educar, de cuidar e de construir conhecimento, buscamos aproximá-los da realidade dos processos de escolarização e docência na Educação Básica e Supeiror.