Ir para o conteúdo CEFD Ir para o menu CEFD Ir para a busca no site CEFD Ir para o rodapé CEFD
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Prazo para mapeamento da Dança está no final

UFSM participa da pesquisa que está elaborando o perfil dos(as) profissionais do setor e os impactos da pandemia



Profissionais da Dança do Rio Grande do Sul têm até o próximo dia 22 de agosto para preencher o Mapeamento da Dança do RS. O levantamento está reunindo dados para análise da cadeia produtiva da Dança no Rio Grande do Sul e construindo um perfil do setor no estado. O Curso de Dança-Licenciatura da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) faz parte do grupo de trabalho que elaborou a pesquisa.

Criado no Dia Internacional da Dança do ano passado, o Mapeamento é fruto do trabalho de 19 instituições representativas do setor da dança no Rio Grande do Sul, sendo cinco Universidades que têm cursos de graduação na área, além de sindicatos, associações e outras representações. Os dados preliminares da pesquisa serão divulgados no dia 11 de setembro, às 17h, em live pelo Facebook do Mapeamento.

Com o Mapeamento, a sociedade gaúcha e o poder público poderão saber não apenas quantas pessoas vivem da dança no estado, mas onde estão localizadas, como são as relações de trabalho, situação de renda, entre outras informações. Com estas informações, será possível reivindicar aumento de investimentos e a implementação de mais políticas públicas para benefício do setor da dança. Além de elaborar um perfil socioeconômico e artístico, o Mapeamento permitirá fazer um RX dos impactos da pandemia da Covid-19 para o setor. 

“No caso Santa Maria, que tem dois cursos de graduação na área, os resultados vão permitir que a gente conheça quem são os profissionais da dança na cidade, onde nossos egressos e egressas estão atuando, assim como descobrir quem são os trabalhadores e trabalhadoras da dança que não têm graduação e podem ser potenciais estudantes dos nossos cursos”, diz a professora Neila Baldi, integrante do Grupo de Trabalho responsável pela pesquisa. A UFSM é a única instituição do estado com licenciatura e bacharelado em Dança.

O Mapeamento é uma demanda da comunidade da dança do estado e foi indicada como necessidade no Plano Setorial de Dança, de 2014; e no Plano Estadual de Cultura, de 2015. O Grupo de Trabalho que formulou a pesquisa é composto pelas seguintes instituições: Articula Dança RS/ ASGADAN/ Associação de Circo RS/ ATAC/ Centro Municipal de Dança-SMCPMPA/ Colegiado Setorial de Circo RS/ Colegiado Setorial de Dança RS/ Conselho Estadual de Cultura RS/ FAMURS/ Fórum de Ação Permanente pela Cultura/ Fórum Permanente de Cultura de Pelotas/ SATED RS/ SEDAC RS/ SEPLAG RS/UCS/ UERGS/ UFPEL/UFRGS/UFSM.

Acesse o formulário do Mapeamento da Dança do RS no link: https://forms.gle/ojcrkh9oqYHH2bwo9
Informações: Email: mapeamentodanca@gmail.com – Site: https://bit.ly/mapeamentodancars

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes