Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

CT recebe debate da Estatuinte

Nesta quinta-feira (14), o auditório do Anexo C do Centro de Tecnologia da UFSM foi palco de mais uma etapa no processo de Estatuinte da UFSM, com o debate “Diferentes Concepções de Universidade”. O evento foi promovido pela Comissão de Estatuinte e contou com a presença dos palestrantes Vitor Schuch Júnior, professor aposentado do curso de Administração da UFSM e Gustavo Dalpian, egresso da UFSM que atualmente ocupa o cargo de Pró-Reitor de Pós-Graduação da Universidade Federal do ABC (UFABC).

Em sua fala, o Professor Vitor Schuch apresentou um panorama do desenvolvimento das administrações universitárias no Brasil, traçando um paralelo com a Universidade Federal de Santa Maria. Para ele, o processo de estatuinte trará melhorias profundas na UFSM apenas pela oportunidade do debate, mesmo que não traga mudanças bruscas. Já o Professor Gustavo Dalpian apresentou a experiência da UFABC, como um modelo novo de Universidade, sem departamentos e com estímulo à interdisciplinaridade. Afirma que já há mudanças no conceito de Universidade hoje no Brasil, com modelos diferentes sendo apresentados.

Após a palestra, os ouvintes puderam interagir e tirar dúvidas com os convidados. Diversos setores da UFSM se fizeram presentes no evento. Para Diana Sampaio, representante da ATENS, órgão que representa os Técnico Administrativos com ensino superior, “as entidade só tem a contribuir e fazer o processo e Estatuinte andar de forma democrática”. Também estava presente Adriano Figueiró, presidente da SEDUFSM (sindicato que representa os docentes da UFSM): “a SEDUFSM está tentando contribuir para uma discussão democrática para que o nosso estatuto reflita o máximo possível essa perspectiva mais ampla de compromisso social da Universidade”.

Segundo o presidente da Comissão de Estatuinte, Professor João Baptista Paiva, a palestra é um marco na implementação da metodologia que discutirá o processo de estatuinte, por mostrar, objetivamente, diferentes modelos que podem ser implementados na Universidade Federal de Santa Maria. Ele acredita que o evento pode ser mais um estímulo para que a comunidade em geral se engaje no processo.

Para o diretor do Centro de Tecnologia (CT), Professor Luciano Schuch, é um orgulho para o CT receber uma atividade que pauta o futuro da instituição. “Que essa discussão comece a se propagar por todos os cursos, departamentos, subunidades, pois se queremos um futuro melhor para a Universidade, precisamos da Estatuinte, onde podemos passar por algumas barreiras históricas da UFSM”, afirmou o professor.

A próxima etapa da Comissão da Estatuinte é a realização de mini conferências pelos Centros, para divulgar as eleições setoriais, espaços deliberativos onde serão decididos 45% dos delegados que votarão na próxima estatuinte da Universidade.

 

Imagem e texto por Mateus de Albuquerque, acadêmico de Jornalismo – Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM