Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Estudante do PPGEAmb apresenta trabalho em Shangai, na China

Homem com um crachá de pé ao lado de um cartaz com a frase "Summer School on 'Water-energy Nexus in Urban Water Systems'"O acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental da UFSM, Ezequiel Somavilla, foi selecionado no programa Summer School, da Exceed-Swindon, para passar sete dias na Universidade de Tongji, em Shangai, na China. Ele apresentou um trabalho desenvolvido durante seu mestrado, em que propôs um sistema sustentável de tratamento de água.

O projeto Exceed-Swindon busca promover a cooperação internacional através da capacitação de profissionais, da transferência de conhecimentos e do desenvolvimento de propostas fundamentais para o gerenciamento sustentável da água. Os campos gerais de pesquisa incluem Engenharia Sanitária, Hidrologia, Engenharia Hidráulica e Gerenciamento de Resíduos.

Formado em Engenharia Sanitária e Ambiental na UFSM, Ezequiel trabalha atualmente na Companhia Riograndense de Valorização de Resíduos (CRVR). Ele explicou como foi o processo inicial de seleção para participar do programa Summer School: “submeti um resumo expandido do trabalho em inglês e preenchi alguns formulários com questões relacionadas ao PPGEAmb e sobre minha fluência em inglês. Após um tempo, divulgaram o resultado. Fui selecionado junto a 19 pessoas, de países como Turquia, México, Indonésia, Paquistão e Índia. Todas as despesas foram pagas por eles: visto, hospedagem, viagem, refeições e transporte interno. Isso é importante, pois possibilita que estudantes de baixa renda também participem”.

As atividades do Summer School duraram sete dias, entre 26 de agosto e 2 de setembro. Ezequiel teve a oportunidade de participar de palestras, aulas, dinâmicas em grupos, apresentações e visitas técnicas, que tiveram a participação de professores da Índia, Indonésia e Alemanha. A experiência foi especial para ele, sendo a sua primeira viagem de avião: “o mais longe que eu havia viajado era até Curitiba de ônibus, e nesse caso atravessei o mundo de avião. Procurei me informar bastante, sobre como me virar nos aeroportos, o que tinha que fazer, o que podia levar. Foi uma experiência única por ser minha primeira viagem internacional, e que vou guardar para o resto da minha vida. Cheguei até a guardar alguns tickets das passagens aéreas e troquei moedas com outros participantes”, contou ele.

Ezequiel falou sobre os desafios e os aprendizados da sua estadia em Shangai: “o idioma do evento era o inglês, mas como havia pessoas de diferentes países, às vezes o sotaque dificultava o entendimento. A alimentação é muito diferente da nossa, o que torna a cultura chinesa muito interessante. Eles comem muitos frutos do mar e vegetais, eu cheguei a experimentar comidas como água-viva, mas fui com calma nas degustações. O clima de lá foi um diferencial, pois aqui estávamos no inverno e lá era verão. Às 5h30 da manhã o sol já estava alto e muito abafado. O choque cultural é evidente, ainda mais para um pessoa como eu, oriundo do interior uma cidade pequena, como Dona Francisca. Ainda assim, é gratificante ver que pessoas do mundo todo estão preocupadas com questões ambientais”.

Além das atividades que participou, Ezequiel também apresentou seu trabalho selecionado, que faz parte do seu mestrado. Ele explicou o tema do projeto: “as águas subterrâneas são muitas vezes a única fonte de abastecimento de água para muitas pessoas, e muitas vezes algumas espécies químicas como o íon fluoreto inviabilizam o consumo devido à alta concentração. O trabalho que submeti está relacionado com um sistema de recuperação de energia de sistemas de abastecimento, e essa energia é aplicada para tratamento de água, neste caso para sistemas de desfluoretação de águas subterrâneas por eletrocoagulação-flotação (ECF), propiciando um sistema de tratamento sustentável”.

O orientador de Ezequiel no mestrado, o professor do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental, Elvis Carissimi, comentou sobre a importância do reconhecimento do trabalho de Ezequiel: “Ele fez uma proposta inovadora de sustentabilidade energética, desenvolvendo um sistema que aproveita a energia cinética da água para gerar energia para um grupo de eletrodos para o tratamento da água por flotação eletrolítica. Isso mostra a qualidade da pesquisa que é desenvolvida dentro da UFSM. Nós temos um potencial muito grande e formamos Recursos Humanos qualificados, que estão em um nível internacional. O reconhecimento do trabalho do Ezequiel pode servir de exemplo para outros estudantes, mostrando que temos potencial de fazer um excelente trabalho”.

O professor Elvis ainda elogiou o potencial de Ezequiel como pesquisador: “ele sempre mostrou muito interesse em aprender e compartilhar tudo o que via ou aprendia em outros lugares. Além disso, ele sempre demonstrou comprometimento, dedicação, assiduidade e estudo contínuo, tanto de disciplinas técnicas como idiomas, principalmente o inglês. Essa dedicação, curiosidade e busca constante por novas descobertas o fazem um grande pesquisador, que se arrisca em aplicar na prática o conhecimento que ele adquire na teoria”.

Para Ezequiel, além das experiências da viagem, essa oportunidade pode trazer benefícios para seu futuro profissional: “o conhecimento técnico que adquiri lá, além de incrementar o meu trabalho de mestrado, também vai auxiliar no meu trabalho na CRVR. Esse evento foi sem dúvidas muito importante para o meu crescimento acadêmico e profissional, pois agora posso comparar diferentes aspectos da China com o Brasil, por exemplo. Quanto ao futuro pessoal, foi a realização de um sonho, assim como para a minha família, e que serve de exemplo para muitas pessoas que tem receio de viajar para outros países, como eu tinha antes”.

Por se tratar de um trabalho de mestrado em desenvolvimento, ele ainda não pode ser divulgado na íntegra. Um resumo pode ser conferido aqui.

 

Texto por Lucas Gutierres, acadêmico de Jornalismo – Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM.

 


 

Quer divulgar seu projeto ou evento no nosso site? Fez uma viagem legal? Teve seu trabalho premiado? Participa de uma iniciativa bacana? Conta pra gente!

Entre em contato pelo e-mail: noticiasct@ufsm.br.

Siga o CT nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.