Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

PPGEQ tem primeira defesa de tese de doutorado

Sete homens estão de pé, lado a lado, em frente a uma mesa de madeira.O estudante Jivago Schumacher de Oliveira defendeu, no dia 9 de novembro, a sua tese de doutorado, intitulada “Preparação de catalisadores à base de ferrita de cobalto para aplicação na remoção de contaminantes em efluentes líquidos por processos oxidativos avançados”. A defesa foi a primeira da história do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da UFSM (PPGEQ).

A tese de Jivago trata sobre o desenvolvimento de novos catalisadores sólidos para aplicação em processos oxidativos avançados. “Esses processos são usados para remoção de contaminantes orgânicos de difícil biodegrabilidade em efluentes líquidos. Dessa forma, esses novos catalisadores foram caracterizados por meio de várias técnicas, a fim de discutir sobre suas propriedades e o quanto estas influenciam na melhor eficiência de remoção dos contaminantes”, explica ele.

Jivago conta que a escolha do tema se deu por sua preocupação com a poluição dos recursos hídricos, causada por efluentes lançados pelas indústrias: “propor novos processos eficazes para o tratamento desses efluentes com certeza foi a grande motivação para a realização desse trabalho”.

O maior desafio enfrentado durante o desenvolvimento do trabalho foi a realização das técnicas de caracterização dos materiais, já que muitas vezes são necessários equipamentos de alto valor que a Universidade não possui. “Nesse ponto, foi muito importante formar parcerias com professores-pesquisadores de outros departamentos e instituições para a realização de algumas dessas técnicas”, Afirma Jivago.

O trabalho foi orientado pelo professor Edson Foletto e co-orientado por Sérgio Luiz Jahn, ambos do Departamento de Engenharia Química. Para Edson, o principal desafio enfrentado foi “orientar um aluno sem bolsa durante todo o período de realização da tese, uma vez que o mesmo poderia perder o foco ou desistir do curso a qualquer momento. Ainda assim, ele realizou o trabalho de forma focada e com êxito”.

Defender a primeira tese de doutorado da Engenharia Química da UFSM foi “uma grande honra e um momento de grande felicidade”, segundo Jivago. A coordenadora do PPGEQ, Fernanda de Castilhos, fala sobre a importância desse acontecimento: “Além de ser um momento histórico, no ano em que o PPGEQ completa dez anos de funcionamento, essa defesa representa o início da consolidação do nosso curso de Doutorado. Esse fato vai impactar positivamente na próxima avaliação quadrienal realizada pela CAPES, prevista para 2021, já que a titulação de doutores é um fator muito importante”.

Para Fernanda, o trabalho de Jivago vai ajudar a elevar o nível das produções acadêmicas do PPGEQ: “o desenvolvimento de uma tese de doutorado é mais profundo e mais longo do que a dissertação de mestrado. O grau de exigência é diferente, no doutoramento é exigido um aprofundamento maior e um maior número de produções acadêmicas. Somente esse fato já acarreta um aumento no nível das publicações do Programa. Mas cabe ressaltar também que, muitas vezes, há interação entre os discentes de mestrado e doutorado, que são orientados por um mesmo docente e desenvolvem trabalhos complementares, dentro de um projeto mais amplo. Essa interação propicia uma maior discussão dentro do grupo de pesquisa e, consequentemente, um aumento na qualidade dos trabalhos desenvolvidos e nas publicações decorrentes de tais trabalhos”.

A experiência de defender sua tese foi “muito gratificante, por poder compartilhar e discutir o fruto do trabalho de anos com colegas e professores da UFSM e de outras instituições”, conta Jivago. O PPGEQ já tem outras defesas de tese previstas para o futuro próximo: “uma ao final de novembro e outras três em setembro de 2019”, adianta Fernanda.

Jivago já confirmou que a pesquisa terá continuidade, e que ele pretende realizar pós-doutorado trabalhando com o mesmo tema. Para mais informações, acesse o site do PPGEQ.

 

Texto por Lucas Gutierres, acadêmico de Jornalismo – Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM.

 


 

Quer divulgar seu projeto ou evento no nosso site? Fez uma viagem legal? Teve seu trabalho premiado? Participa de uma iniciativa bacana? Conta pra gente!

Entre em contato pelo e-mail: noticiasct@ufsm.br.

Siga o CT nas redes sociais: Facebook, Instagram e Twitter.