Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Clube de Computação e o pensamento computacional no Ensino Básico



Iniciado em 2014, o Clube de Computação segue até hoje levando à escolas do Ensino Médio oficinas que têm o objetivo de estimular o pensamento computacional, desenvolvendo habilidades de resolução de problemas, lógica e criatividade. O projeto do Clube foi criado pela Professora Andrea Schwertner Charão, seguindo a tendência mundial que aponta para o desenvolvimento do pensamento computacional e habilidades de programação desde a Educação Básica.

De acordo com a professora, é importante proporcionar atividades alinhadas com o estado-da-arte na área, estimulando os alunos a conhecer e desenvolver o poder criativo e transformador da computação. “Entende-se que isso seja essencial para a formação das novas gerações, pois a sociedade moderna muito se beneficia dos produtos da computação, como software, hardware e serviços, porém poucos compreendem o processo criativo desses artefatos”, salienta.

Dessa forma, o Clube de Computação vai em diversas escolas disseminar esse conhecimento. Os tutores, graduandos de Ciência da Computação, tem a função de preparar as atividades e aplicá-las nas oficinas. Contudo, a atividade não é importante apenas para os alunos do ensino médio, mas também para os acadêmicos, pois se alinha com a valorização e complementação de suas formações, assumindo papel de liderança e trabalho em grupo que acaba servindo de exemplo para os alunos. Atualmente, o Clube conta com um tutor que frequentou oficinas durante a escola, o João Gabriel Schittler, que hoje cursa Ciência da Computação no Centro de Tecnologia. Ele conta que já tinha interesse em cursar Computação, e as oficinas foram uma boa experiência pois o proporcionaram os conhecimentos básicos de programação.

O que surgiu como um projeto de extensão transformou-se em um programa extensionista. Segundo a professora, desde 2015 alguns fatores vêm mudando com o objetivo de expandir o programa. Dentre essas mudanças estão a priorização de ações continuadas a longo prazo, o estabelecimento de mais parcerias dentro e fora da UFSM e a exploração da interdisciplinariedade em torno do pensamento computacional dentro das temáticas desenvolvidas na oficina e na própria equipe executora. Além disso, no inicio o Clube funcionava somente nas escolas e com o passar do tempo foram realizadas diversas oficinas com alunos e professores no CT. O próximo objetivo é articular parcerias institucionais com as redes municipal e estadual de educação, visando aumentar a capilaridade e o impacto do programa, visto que a equipe da UFSM não pode estar permanentemente nas escolas.

Escolas interessadas ou alunos de graduação que desejem atuar como tutores podem entrar em contato pela página do programa.

 

 

Texto por Jéssica Medeiros, acadêmica de Jornalismo – Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM.

 


 

Quer divulgar seu projeto ou evento no nosso site? Fez uma viagem técnica? Teve seu trabalho premiado? Participa de uma iniciativa bacana? Conta pra gente! Divulgação de eventosdivulgação de notíciasdivulgação de dissertações e teses

Entre em contato pelo e-mail: noticiasct@ufsm.br.

Siga o CT nas redes sociaisFacebookInstagram e Twitter.

 



Publicações Recentes