Pular para o conteúdo
Imagem do brasão composta por quatro elementos: escudo, flor de lis, archotes e lema.
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Programas, projetos e grupos

A Escola Piloto da Engenharia Química da UFSM é um projeto de ensino e extensão, que visa complementar a formação dos estudantes de Engenharia Química, sintonizando-os com a indústria. A EPEQ visa, também, desenvolver talentos a fim de que se tornem líderes e empreendedores capazes de fazer a diferença no mercado de trabalho.

Professores tutores:

Prof. Cézar Augusto Beltrame
Profª Damaris Kirsch Pinheiro
Prof. Flávio Dias Mayer

 

Contato

Email: epeq.ufsm@gmail.com
Redes sociais: Facebook
Acesse o site aqui

O Perspectiva – Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo da UFSM trata-se de um projeto de extensão fundamentada na prática do processo projetual, que visa contribuir para a formação profissional do estudante, buscando não somente o complemento na aprendizagem, mas também o compromisso com a realidade sociocultural brasileira, ao ampliar a participação de estudantes universitários e cidadãos na transformação da realidade e do espaço em que vivemos.

O desenvolvimento dos projetos do EMAU vem ao encontro da questão do direito à cidade, bem como para reforçar o sentimento de preservação, partindo-se do pressuposto da utilização das ações como meio para a educação patrimonial, a conscientização, a valorização e para gerar impacto positivo na comunidade local, mostrando-se eficazes para a construção de uma abordagem mais ampla sobre a temática e contribuindo para a formação de cidadãos críticos e atuantes no cenário da construção das cidades.

Ao trabalhar com demandas complexas, constituídas por problemas arquitetônicos, socioculturais e econômicos, o EMAU ilustra essa estrutura e a valida, uma vez que age a partir dos estudantes conjuntamente com comunidades e não para elas, colocando-as também como atores da sua situação, não espectadores. Dessa forma, a ação do EMAU nas comunidades não se propõe a realização de propostas prontas e acabadas, mas trabalha com a possibilidade de uma ação compartilhada e flexível, onde a arquitetura é vivida enquanto processo. Um processo de troca entre as partes, em que universidade e sociedade troquem conhecimento de maneira horizontal, sendo todos beneficiados com as ações.

Acesse e acompanhe a página do Perspectiva – Escritório Modelo do Curso de Arquitetura e Urbanismo (EMAU) clicando aqui.

Formado por acadêmicos do curso de Engenharia Civil da UFSM e orientado pelo Prof. Dr. Carlos Félix.

Contato

Email: gemob.ufsm@gmail.com
Redes Sociais: Facebook

O Grupo de Estudos e Pesquisas em Pavimentação e Segurança Viária (GEPPASV) foi registrado oficialmente em 2011, mas iniciou suas atividades a partir de março de 2010, tendo como finalidades iniciais a modernização e atualização do Laboratório de Pavimentação da UFSM o que vem possibilitando o desenvolvimento de estudos e pesquisas para a caracterização de ligantes asfálticos, dosagem de misturas asfálticas, caracterização mecânica a partir de ensaios dinâmicos e realização de levantamentos do desempenho estrutural e funcional (sobretudo relacionados à segurança viária) de pavimentos em serviço, além da disseminação do conhecimento por meio dos cursos de graduação e pós-graduação da UFSM e a prestação de serviços e cursos de atualização à comunidade em geral. O grupo orienta suas atividades científicas e tecnológicas considerando principalmente o aspecto regional e preservando o seu perfil universitário, atuando de maneira integrada com a sociedade. O aprimoramento técnico da equipe tem sido uma preocupação constante, o que tem motivado a participação sistemática e ativa dos integrantes do grupo em congressos, cursos e seminários realizados no País e no exterior, contribuindo com a apresentação de trabalhos técnicos e científicos.

Líderes do Grupo: Luciano Pivoto Specht e Tatiana Cureau Cervo

O GEPS, Grupo de Pesquisa e Extensão em Saneamento, é Coordenado pela Profa. Dra. Ana Beatris Souza de Deus Brusa do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental (DESA) e possui na sua composição acadêmicos de graduação, de diferentes cursos e semestres da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O GEPS desenvolve Projetos de Pesquisa e Projetos/Programas de Extensão com ações de Educação Sanitária e Ambiental e deEngenharia de Baixo Custo e Sustentáveis na área do saneamento básico (abastecimento de água, esgotamento sanitário, drenagem urbana, resíduos sólidos e saúde pública), contemplando em suas atividades o tripé Ensino, Pesquisa e Extensão.

O objetivo geral do GEPS é oportunizar uma melhora, sanitária e ambiental, na qualidade de vida de comunidades carentes. Nos anos de 2016-2017 executou o Programa de Extensão Proposta de Revitalização e Recuperação Ambiental da Vila Caiçara, Agudo/RS: Uma Necessidade para Promover a Qualidade de Vida em Agudo/RS com Recursos PROEXT/MEC. Foram realizadas atividades de conscientização sanitária e ambiental em três escolas públicas e no CRAS (Centro de Referência em Assistência Social). Nas escolas investiu-se na formação dos alunos para que mediante o conhecimento adquirido, pudessem ser os multiplicadores do conhecimento adquirido para a família e a comunidade de um modo geral. No CRAS os grupos atingidos obtiveram cursos de capacitação envolvendo a conscientização sanitária e ambiental, bem como a implantação dos projetos de engenharia (alternativas) sustentáveis e de baixo custo para o tratamento e a disposição final dos esgotos sanitários e dos resíduos sólidos; além da potabilidade de água domiciliar (através da filtração e desinfecção), captação das águas pluviais e reuso de esgotos tratados.

Os resultados obtidos na aplicação deste Programa de Extensão foram e estão sendo publicados em congressos, seminários e revistas, mas estes estão sendo possível devido a participação dos moradores da Vila Caiçara, a comunidade escolar (professores, funcionários e alunos) e instituições que acreditam que é possível ocorrer uma mudança de atitudes e hábitos e assim melhorar a qualidade de vida da comunidade.

Atualmente o GEPS conta com oito bolsistas: Andreli Lopes Piccoli, Lucas da Silva Oliveira, Gabriela Ferraz, Milena Caroline Tisoco, Greice Amélia Vendruscolo, Rafaela Righi Martins, Leonardo Castro e Renata Peres; e executa o Programa de Extensão Saneamento Básico e Conscientização Ambiental: Propostas de Medidas Mitigadoras e Compensatórias para o Arroio Cadena e o Entorno em Santa Maria na Escola Municipal de Ensino Fundamental João Pedro Menna Barreto (EMEF João Pedro Menna Barreto). As atividades começaram em março de 2018 e neste primeiro semestre estão sendo desenvolvidas atividades de educação sanitária e ambiental, contribuindo para a conscientização ambiental do público alvo, alunos do 6º ao 9º anos do ensino fundamental. Concomitantemente estão sendo desenvolvidos projetos de engenharia (alternativas) sustentáveis e de baixo custo para a captação da água da chuva, o tratamento da água e o tratamento dos esgotos sanitários e resíduos sólidos.

Como o atual Programa é bastante abrangente e a extensão do Arroio Cadena onde há necessidade de revitalização é significativa à proposta nos próximos anos é buscar escolas localizadas próximas ao Arroio Cadena e a partir desta desenvolver o trabalho, pois acredita-se que a Direção da Escola pode proporcionar as interações com a família do aluno, sendo um ponto positivo para iniciarmos o trabalho e termos mais agentes multiplicadores em prol do meio ambiente. Será selecionada uma escola por ano ao longo da vigência do Programa, 2018-2022.

Apresentação do Projeto aos Professores da Escola EMEF João Pedro Menna Barreto.

Atividades sobre a Temática Água com os Alunos da EMEF João Pedro Menna Barreto.

Atividades sobre a Temática Resíduos Sólidos com os Alunos da EMEF João Pedro Menna Barreto.

Outras atividades
Atividade de Conscientização Ambiental na EMEF Prof. Adelmo Simas Genro, localizada na Rua Irmã Terezinha Werner, 500, Sede Marista II, Bairro Nova Santa Marta, Santa Maria – RS. Uma parceria GEPS (UFSM) / CRVR, em 4 de junho de 2018.

Em comemoração à Semana Nacional do Meio Ambiente foi desenvolvido pelo GEPS em parceria com a Companhia Riograndense de Valorização de Resíduos (CRVR) atividades de educação sanitária e ambiental na Escola Municipal Professor Adelmo Simas Genro, em Santa Maria. Proporcionou-se aos alunos uma maior aprendizagem sobre a separação correta dos resíduos sólidos e o conhecimento sobre a vermicompostagem, uma tecnologia de tratamento e valorização de resíduos orgânicos através de minhocas. Preocupou-se em mostrar aos alunos as consequências causadas aos corpos hídricos e aos animais quando os resíduos são despejados nos mesmos. Estas parcerias ampliam o acesso acomunidade, desenvolvendo um trabalho de conscientização ambiental e uma forma de atingir grande parte desta, pois é através da escola que os alunos serão transformados em agentes multiplicadores: “O Grupo UFSM (GEPS) planta uma semente e esta deve ser cuidada e multiplicada.”

Mais sobre o GEPS:

Atividades Desenvolvidas: Ensino, Extensão e Pesquisa
Classificação CNPq: Engenharia
Área de Atuação: Saneamento Básico
Linhas de extensão: Meio Ambiente (Questões Ambientais)
Linha de Pesquisa: Saneamento Básico
Atividades do Grupo:

Projetos de Educação Sanitária e Ambiental em Escolas e Comunidades;
Projetos de Engenharia Sustentáveis e de Baixo Custo.
Coordenadora: Prof. Dra. Ana Beatris Souza de Deus Brusa

 

Contato

Telefone: (55) 3220-9667 / (55) 981179377

O Grupo de Geotecnia e Meio Ambiente coordena vários projetos de extensão, ensino e pesquisa nos cursos de graduação de Engenharia Civil e Engenharia Sanitária e Ambiental, e no curso de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC/UFSM). Este grupo de pesquisa coordena projetos de extensão com o objetivo de realizar campanhas de ensaios de laboratório e campo, controle tecnológico, acompanhamento e fiscalização de pavimentações urbanas, rodoviárias e obras de terra, principalmente na região central do Estado do Rio Grande do Sul.

Quanto aos estudos e pesquisas desenvolvidos abrangem ensaios de caracterização de solos para uso em aterros rodoviários, aterros ferroviários, obras de terra (barragens, taludes naturais e artificiais, escavações e estruturas de contenção) e fundações. Especificamente na área de pavimentação, o projeto abrange a caracterização dos materiais inertes (areia, brita, filler, pó-de-pedra) e dos ligantes. Tanto no estudo de jazidas de solos e rochas estudos específicos relacionados com o meio ambiente são desenvolvidos pelo grupo.

Entre os projetos de pesquisa em desenvolvimento destacam-se:

(a) Movimentos de massa associados as encostas da Serra Geral no Estado do RS;
(b) Instrumentação e monitoramento de aterros sanitários;
(c) Utilização de materiais alternativos em pavimentação e construção civil.

Líder do Grupo: Rinaldo J. B. Pinheiro – rinaldo@ufsm.br

O Grupo de Pesquisa em Motores, Combustíveis e Emissões foi formado em 2010 e tem como objetivo desenvolver e participar de atividades de pesquisas e desenvolvimento. Os trabalhos e projetos são executados através da orientação de alunos de iniciação científica e de trabalhos de conclusão de curso, estagiários e alunos de mestrado e/ou doutorado em programas de pós-graduação internos e externos à UFSM, como é o caso dos programas de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Engenharia Química, Engenharia Elétrica e Engenharia de Produção da UFSM, o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da UFRGS (PROMEC) e o Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica da UFSC (POSMEC).

Acesse o site

 

Contato

Email: gpmot@mecanica.com.br
Telefone: (55) 3220-8000
Endereço: Avenida Roraima, 1000, Camobi, Santa Maria/RS. CEP 97105-900. Universidade Federal de Santa Maria. Centro de Tecnologia, Departamento de Engenharia Mecânica.

O Grupo de Estudos e Pesquisa em Sistemas Embarcados – GEPSE foi criado por alunos do curso de engenharia de computação com o objetivo de incentivar estudantes a colocar em prática os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula. Atualmente estamos trabalhando com projetos de iniciação científica. Temos interesse em trabalhar em projetos diversificados, altamente desafiadores e multidisciplinares. Desta forma, convidamos estudantes de qualquer área a entrar em contato e participar do grupo. O grupo possui no momento 6 alunos de graduação e como orientadores os professores Carlos Henrique Barriquello e José Eduardo Baggio.

 

Contato

Email: gepse@ecomp.ufsm.br
Redes Sociais: Facebook
Endereço: Avenida Roraima, 1000, Camobi, Santa Maria/RS. CEP 97105-900. Universidade Federal de Santa Maria. Centro de Tecnologia, Predio 10, sala 420.

Com o objetivo de desenvolver resultado a partir do senso de unidade no curso de Engenharia Química na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Espaço CrEativo é um projeto que realiza eventos para aproximar o corpo docente e discente da instituição. A proposta de, através de mesas redondas, painéis e palestras, aprimorar o senso crítico dos estudantes sobre a realidade pedagógica do curso, tenta sincronizar o trabalho conjunto das outras entidades representativas do curso, como o Diretório Acadêmico da Engenharia Química (DAEQ), a Escola Piloto de Engenharia Química (EPEQ) e a Coordenação de Engenharia Química – UFSM.

 

Contato

Email: creativosespaco@gmail.com
Redes Sociais: Facebook