Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Nomes são definidos para comissão eleitoral da votação para diretor do CTISM



O Colegiado do CTISM aprovou, em reunião na manhã desta terça-feira (15), a criação da comissão que organiza e regula a eleição para os próximos diretor e vice-diretor do colégio. A proposta aprovada prevê que a Comissão de Consulta terá sete integrantes.

Os nomes definidos para fazerem parte do grupo incluem quatro professores – Erika Goellner, Ivan Zolin, Marcia Henke e Moacir Eckhardt – e o técnico administrativo Marcelo Tadiello Moraes, do Departamento Administrativo. O Decti (Diretório Estudantil do CTISM) indicou para a comissão Camila Simões, da turma 432 (3º ano de Mecânica Integrado). O Daredes (Diretório Acadêmico do Curso de Redes de Computadores) será convidado a fazer uma indicação.

A comissão será formalmente instalada na primeira reunião entre todos os integrantes. A partir de então, eles devem elaborar o Regimento da votação, que precisa ser aprovado pelo Colegiado. O documento vai conter todos os prazos do processo eleitoral, como as datas para inscrição de chapas e para a votação, que ocorrerá entre outubro e novembro.

Os alunos, professores e técnicos administrativos estarão aptos a votar. A votação não é, oficialmente, uma eleição, e sim uma consulta à comunidade, pois o Estatuto da UFSM determina que o diretor e o vice-diretor das unidades devem ser nomeados pelo reitor. No entanto, é raro que o resultado da votação não seja respeitado.

A gestão do próximo diretor terá início em fevereiro de 2018 e se estenderá até 2022.

 

por Rossano Villagrán Dias



Publicações Recentes