Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Cursos de Mecânica do CTISM oferecem visão abrangente sobre a área; conheça perfil




Centro de usinagem CNC em laboratório usado nos cursos de Mecânica do CTISM.

Os cursos técnicos em Mecânica do CTISM dão ao aluno uma visão geral de vários assuntos que compõem esta área do conhecimento. Entre os assuntos abordados, estão processos de fabricação, projeto, manutenção industrial, máquinas térmicas e gestão.

O CTISM oferece o curso de Mecânica nas modalidades integrada ao ensino médio – com 25 vagas disponíveis – e subsequente – que tem 32 vagas disponíveis. As inscrições estão abertas até o dia 7 de novembro, assim como para os demais cursos integrados e subsequentes do colégio.

O foco da formação em Mecânica do CTISM é a manutenção industrial, segundo o professor Gilmar Vogel, coordenador do curso na modalidade subsequente. Entre os temas ligados a manutenção presentes na estrutura curricular estão metrologia, hidráulica e pneumática, tubulações e tecnologia mecânica.

No entanto, o profissional formado em Mecânica integrado ou subsequente no CTISM também está preparado para atuar nas áreas de projeto, fabricação e controle de produção, de acordo com Gilmar. O curso inclui disciplinas de processos de fabricação, como ajustagem e usinagem nos tipos manual e CNC (comandos numéricos computadorizados). Há também matérias sobre CAD (desenho assistido por computador), resistência dos materiais, refrigeração, motores, gestão, empreendedorismo e segurança do trabalho.

O profissional formado em Mecânica no CTISM pode atuar em empresas grandes ou pequenas em diversos ramos, desde a indústria automobilística até petroquímica, de equipamentos agrícolas, alimentos, bebidas, cosméticos, construção civil, aeroespacial, defesa, metal-mecânico e têxtil.

Segundo Gilmar, o profissional pode aplicar no trabalho todos os conhecimentos aprendidos no curso, ou se especializar em alguma área, dependendo da sua função na empresa. Ele pode atuar na manutenção, trabalhando para preservar o maquinário, ou no desenho de projetos, controle de qualidade e fabricação. O aluno de Mecânica, após se formar, poderá até chefiar seu próprio negócio, destaca o professor.

Laboratórios de Ajustagem (à esq.) e de Hidráulica e Pneumática (à dir.). Foco da formação em Mecânica do CTISM é manutenção, diz professor.

INTEGRADO

Laboratório de Química do CTISM, utilizado no curso integrado em Mecânica.

O curso integrado em Mecânica possui, além das matérias técnicas, as disciplinas básicas do ensino médio, como Língua Portuguesa, Geografia, Física, línguas estrangeiras, História, Artes, Química, Educação Física, Biologia e Filosofia. Segundo o professor Pedro André Machado, coordenador do curso integrado, a formação básica é importante para o profissional não só para “formar profissionais que sejam reflexivos e críticos, mas também que sejam cidadãos que atuem de forma ativa na sociedade”.

O professor destaca que os alunos formados no curso integrado de Mecânica terão vantagem ao ingressar em uma graduação na mesma área, pois “carregam uma bagagem diferenciada” em relação àqueles que possuem apenas o ensino médio convencional.

 

Inscreva-se aqui no processo seletivo do CTISM.

Conheça aqui o curso subsequente de Eletromecânica.

Conheça aqui o curso subsequente de Automação Industrial.

 

por Rossano Villagrán Dias

fotos Matheus Cargnin



Publicações Recentes