Ir para o conteúdo CTISM Ir para o menu CTISM Ir para a busca no site CTISM Ir para o rodapé CTISM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Vencida pela equipe rosa, Gincana arrecada mais de 500 kg de alimento




As dez equipes e os organizadores da Gincana posam para foto no Ginásio Poliesportivo do CTISM e do Colégio Politécnico na tarde de sábado (30).

A Gincana de Integração foi encerrada no sábado (30) com vitória da equipe rosa, formada por alunos do curso de Eletrotécnica Integrado, a maioria do primeiro ano, e orientada pelo professor Saigon Quevedo. A equipe obteve 430 pontos.

Foram disputadas 14 provas ao longo dos dois dias da Gincana. Cerca de 150 alunos integrados estavam inscritos nas dez equipes da competição. Cada equipe tinha entre 12 e 15 integrantes cada uma, mais um professor orientador, e era identificada por uma cor.

Em segundo lugar, com 400 pontos, ficou a equipe roxa, orientada pelo professor Marco Aurélio Bandeira e com integrantes dos três cursos integrados, mas na qual predominava a Mecânica. A equipe azul, orientada pela professora Lairane Rekovvsky, ficou em terceiro, com 380 pontos. Ela reunia alunos dos três anos do curso de Informática para Internet Integrado.

As equipes rosa, roxa e azul, que ficaram nas primeiras colocações na Gincana. Cerca de 150 alunos estavam inscritos nas dez equipes da competição.

Na prova de arrecadação de alimentos não perecíveis, a equipes arrecadaram, ao todo, mais de 500 quilos de comida. Todas as equipes atingiram os 50 quilos necessários para ganhar a pontuação da prova. Os alimentos foram doados às creches Estação dos Ventos, Criança Feliz e Lar Vila das Flores na manhã desta quarta-feira (4).

A pesagem dos alimentos foi realizada na sexta-feira (29), na mesma tarde em que foi disputada a prova de game de futebol, no auditório do CTISM.

Alimentos arrecadados pela Gincana. À direita, alunos se preparam para corrida de bike.

Todas as outras provas foram disputadas no sábado. O segundo dia de Gincana começou no Ginásio Poliesportivo do CTISM e do Colégio Politécnico com a apresentação das equipes. Cada uma delas deveria bradar um grito de guerra exibir uma bandeira.

Entre as provas do dia, estavam dança da cadeira, cabo de guerra, chute ao gol, teste sensorial e um jogo de perguntas. Foi disputada também uma corrida de bicicleta no Centro de Eventos da UFSM.

Provas de cabo de guerra e de corrida de saco na tarde de sábado (30), na Gincana.

À tarde, as equipes participaram da última prova, na qual precisaram seguir pistas espalhadas pelo campus. Pouco antes das 17h, foram anunciados e premiados os vencedores. Todos os integrantes das primeiras três equipes colocadas receberam medalhas. A equipe campeã ficou ainda com um troféu.

À esq., prova em que alunos deveriam dançar equilibrando laranja. À dir., dança da cadeira.

A professora Rosicléia Bastianello, que fez parte da comissão que organizou a atividade, acredita que os principais ganhos para os alunos na Gincana foram as experiências de integração entre estudantes de turmas diferentes e a ação solidária. Ela diz que o evento foi importante também para que os alunos trabalhassem com a criatividade e exercitassem o seu conhecimento de mundo. A técnica administrativa Catia Vanessa Villanova, que também era membro da comissão da Gincana, destaca que “a gente conseguiu atingir o objetivo maior, que é a integração”. Ela considera “expressivo” o número de alunos que participaram e diz que, entre as equipes, houve cooperação e respeito.

Professores Roselene Pommer, Marcelo Freitas da Silva e Douglas Camponogara participam de teste sensorial na Gincana.

 

 

por Rossano Villagrán Dias

fotos 1, 2, 4, 6, 9 e 11 Amanda Wandcheer Idalgo

fotos 3, 5, 7, 8 e 10 Rossano Villagrán Dias


Publicações Recentes