Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Vídeos e móbiles orientam sobre coleta seletiva no CTISM



O CTISM organizou, nas últimas semanas, uma série de ações para conscientizar sua comunidade sobre o projeto de coleta seletiva do colégio e o descarte adequado de resíduos.

A campanha, promovida pela Assessoria de Comunicação e pelo Laboratório de Biologia – que coordena o projeto Coleta Seletiva no CTISM –, produziu dois vídeos sobre o descarte de resíduos no colégio. As animações, com menos de dois minutos cada, foram postadas na página do CTISM no Facebook. Um dos vídeos orienta sobre o descarte, enquanto o outro relata a logística da coleta seletiva.

Além disso, foram confeccionados dez móbiles com dados relacionados a consumo e desperdício de recursos naturais. Os móbiles foram instalados em quatro prédios do CTISM. A campanha incluiu ainda a passagem dos organizadores do projeto de coleta seletiva nas salas de aula para instruir os alunos sobre o descarte.

Assista aos vídeos:

 

 

PROJETO

Desde que foi criado, o projeto Coleta Seletiva no CTISM distribuiu, pelas salas e corredores da escola, coletores diferentes para resíduos recicláveis e rejeitos. Os responsáveis pelo projeto orientam que, nos coletores de rejeitos, sejam depositados resíduos como chicletes, adesivos, guardanapos e lenços de papel, restos de madeira, materiais escolares e papéis especiais como celofane, papel metalizado e papel plastificado, entre outros.

Resíduos orgânicos em geral também devem ser depositados nas lixeiras de rejeitos, de acordo com as instruções do projeto. A situação dos resíduos orgânicos é provisória e deve se manter até que seja disponibilizada estrutura adequada para seu descarte, segundo os responsáveis.

A Coleta Seletiva no CTISM foi implantada em dezembro de 2015 em parceria com a Complana (Comissão de Planejamento Ambiental da UFSM) e a Proinfra (Pró-Reitoria de Infraestrutura). O projeto é coordenado pelas professoras do CTISM Josiane Pacheco Menezes e Rosamari Piaia e conta com o auxílio dos docentes Everton Behr, do CCR (Centro de Ciências Rurais), e Marilise Krügel, do CT (Centro de Tecnologia), do engenheiro químico Upiragibe Vinicius Pinheiro, da Proinfra, e do bolsista Yamil Salomón, do curso de Engenharia Sanitária e Ambiental da UFSM.

Apesar de a UFSM contar com a Coleta Seletiva Solidária, o CTISM é a única unidade que desenvolveu um projeto próprio de coleta seletiva.

 

por Rossano Villagrán Dias

vídeos Assessoria de Comunicação



Publicações Recentes