Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Oficina expõe desenvolvimento técnico de grupos indígenas do RS




O estudante Joceli Sales (de azul) durante a oficina.

O CTISM realizou, no dia 23 de agosto, uma oficina com o objetivo de promover a reflexão sobre a importância da produção técnica dos grupos indígenas nativos do território gaúcho. A atividade Agosto Indígena foi desenvolvida pela disciplina Aspectos Gerais da Cultura Indígena, Africana e Afro-Brasileira, coordenada pela professora Roselene Pommer e ministrada para os cursos superiores de Eletrônica Industrial e Redes de Computadores.

No dia 20, havia sido instalado no piso do hall do prédio principal do CTISM um mapa do Rio Grande do Sul no qual eram representadas as localizações dos grupos étnicos que habitavam o território antes da colonização europeia. A oficina do dia 23 ocorreu sobre o mapa, e discutiu o processo de transformação cultural do espaço gaúcho, com a imposição de elementos não indígenas sobre as referências culturais originais.

Estudantes do curso de História da UFSM fizeram explanações na oficina, entre eles Joceli Sales, da etnia indígena kaingang.

Um dos alunos do CTISM que participaram da oficina afirmou, sobre a atividade, que “nossa história é linda e, além de conhece-la, devemos passar este aprendizado adiante para que nosso futuro, que se desenha tão esquisito, seja de mais consciência e respeito”. Outro estudante disse que “conhecer o passado é o que nos molda para o futuro, para não cometermos os erros antigos”.

Mapa do RS instalado no hall do CTISM mostra as áreas ocupadas por diferentes grupos étnicos indígenas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fotos Rojas de Lima



Publicações Recentes