Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Grupo de pesquisa publica 3 artigos em periódicos de classificação máxima



Os grupos de pesquisa GSEC, do CTISM, e Gedre, do CT (Centro de Tecnologia da UFSM), publicaram, no primeiro semestre do ano, três artigos em periódicos internacionais da área de engenharia elétrica classificados como Qualis A1 – o nível mais alto de qualidade atribuído pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Os artigos podem ser acessados na plataforma IEEE Xplore.

Um dos artigos propõe melhorias no projeto de circuitos de comando auto-oscilante dedicados para acionamento de interruptores de alta frequência. O trabalho, intitulado Design Approach for a Self-Oscillating Resonant Converter Operating in High-Frequency for LED Applications, é de autoria dos professors Álysson Raniere Seidel, do CTISM, e Fábio Ecke Bisogno, do PPGEE (Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFSM), e pelos alunos Maikel Menke e William Guidolin da Rosa, do PPGEE. Ele foi publicado no IEEE Journal of Emerging and Selected Topics in Power Eletronics.

No mesmo periódico, foi publicado um artigo que propõe um conversor eletrônico baseado no reator eletrônico auto-oscilante, com a função de reconhecimento de lâmpadas. Assim, o mesmo dispositivo pode ser usado para alimentar várias lâmpadas, dispensando um reator específico para cada lâmpada. Álysson e Menke estão entre os autores, além do docente Juliano de Pelegrini Lopes, da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná), e Samuel Valério Kohler, que cursa mestrado na UTFPR. O título do artigo é Tubular Fluorescent Lamps Detection Based on the Self-oscillating Electronic Ballast.

Já o trabalho LLC LED Driver Small-Signal Modeling and Digital Control Design for Active Ripple Compensation foi publicado no periódico IEEE Transactions on Industrial Electronics. O artigo apresenta o modelo dinâmico do conversor LLC ressonante e considera a dinâmica dos LEDs, além de apresentar um projeto do sistema de controle digital destinado a reduzir a ondulação da corrente de saída, o que resulta em um sistema de iluminação sem o flicker – cintilação da luz que ocorre em lâmpadas convencionais.

 

com informações do GSEC



Publicações Recentes