Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Equipe do CTISM é vice-campeã em competição nacional de lançamento de foguetes

Maria Eduarda, Ian e Lara, antes de lançarem foguete em Barra do Piraí, RJ.

A equipe do CTISM foi uma das vice-campeãs da XV Jornada de Foguetes – uma competição nacional anual de lançamentos de foguetes de garrafa PET. O grupo obteve 142,2 m de alcance no seu melhor lançamento, mais que os 100 m necessários para ser vice-campeão. O lançamento ocorreu sob chuva e vento.

A equipe é formada pelos alunos Ian Lovato Colpo, Lara Guimarães da Rosa e Maria Eduarda Machado de Oliveira, da turma 421 (2º ano de Eletrotécnica Integrado ao Ensino Médio), sob orientação da professora Lairane Rekovvsky. Eles disputaram contra 45 equipes de todo o Brasil.

O grupo se classificou para a competição a partir do projeto de ensino Clube de Foguetes, coordenado por Lairane, que promove o ensino de física através da confecção e lançamento de foguetes. O projeto começou no início do ano tem como bolsistas Maria Eduarda Machado de Oliveira – uma das alunas que foram à competição – e o ex-aluno do CTISM Lucas Cassol Colovini, que hoje cursa Engenharia Aeroespecial na UFSM.

A Jornada de Foguetes ocorreu de 22 a 25 de outubro em um hotel-fazenda em Barra do Piraí, RJ. A equipe arrecadou R$ 2.230 com uma vaquinha virtual para custear o voo de Porto Alegre ao Rio. O evento, promovido pela AEB (Agência Espacial Brasileira) e pela SAB (Sociedade Astronômica Brasileira), inclui palestras e oficinas relacionadas a física, astronomia e engenharia aeroespacial. As atividades tinham início no início da manhã e iam até à noite.

Com a marca obtida em Barra do Piraí, a equipe superou o alcance obtido no lançamento que a classificou para a competição, em maio, que chegou a 124 m. Desde então, foram implementadas melhorias no equipamento com a colaboração do professor Sergio Pavani.

Lairane afirma que ficou surpresa com o interesse que o grupo desenvolveu pelo lançamento de foguetes.  “Eles foram muito mais longe do que eu tinha ideia”, diz. Segundo a docente, o projeto Clube de Foguetes foi “apenas um gatilho” para que o trio de estudantes, que ela classifica como “muito autônomos”, embarcasse na competição da Jornada de Foguetes.

Lara diz que a semana do evento foi “uma das melhores” do ensino médio, apesar do ritmo frenético. Ela conta que o trio fez várias amizades durante a semana de atividades e que as equipes trocaram experiências entre si.

Ian lembra que, no seu primeiro lançamento no projeto Clube de Foguetes, obteve apenas 1,7 m. Com as palestras de Barra do Piraí, aprendeu mais sobre os aspectos técnicos do lançamento de foguetes. “Agora, a gente tem noção de muita coisa que eu não fazia a menor ideia”, diz.

Para Lairane, a equipe agregou “boa representatividade ao CTISM” e que serve de “incentivo para próximas equipes”.

Assista ao lançamento da equipe do CTISM:

 

A seguir, os melhores momentos da XV Jornada de Foguetes:

 

por Rossano Villagrán Dias/NCI

foto Equipe