Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Ocupação Política e Cultural ocorre na UFSM/FW

ocupa 2Uma quinta-feira destinada à mobilização em defesa do serviço público e denominada de “Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública, Gratuita, Socialmente Referenciada, Classista e Democrática”. O dia 16 de junho, que foi pensado nacionalmente por entidades ligadas ao ensino e ao serviço público, na UFSM-FW está levantando pautas sobre educação, previdência e saúde, com documentários, debates, discussões e o microcurso de “Pensamento Econômico e ‘Geração’ de Direitos”.

A definição sobre o 16 de junho, por parte do ANDES-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior) e suas seções sindicais, foi tomada na reunião do Setor das Federais (IFES), no dia 31 de maio, em Brasília. Da mesma forma que na sede da UFSM em Santa Maria, professores do campus de Frederico Westphalen, por iniciativa da SEDUFSM (Seção Sindical dos Docentes da UFSM) e com apoio de entidades da UFSM, decidiram por promover uma ocupação política e cultural da instituição ao lado de estudantes, servidores técnico-administrativos e servidores de outros setores do serviço público. O principal intuito da ocupação é contrapor projetos que têm por objetivo a privatização, entre eles o PLP 257/16 e também a Contrarreforma da Previdência.

Assessoria de Comunicação da UFSM-FW

assessoriafw@ufsm.br