Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Departamento de comunicação destaca-se pela forte atuação na pesquisa científica e na extensão

O Departamento de Ciências da Comunicação (DECOM) da Universidade Federal de Santa Maria – Campus Frederico Westphalen (UFSM-FW) constituído pelos cursos de Jornalismo Bacharelado e Relações Públicas, reforça sua atuação no Ensino, na pesquisa científica e na extensão, por meio de projetos com a comunidade. Nesse semestre são ao todo, nove bolsas de iniciação científica, uma para ensino médio, oito bolsas FIEX e mais três PRE, totalizando 20 acadêmicos contemplados com os benefícios.

Atuação na Extensão
De acordo com a Pró-Reitoria de Extensão essa perspectiva de atuação tem a missão de “Fortalecer a relação Universidade-Comunidade por meio de ações extensionistas inovadoras, que contribuam para a formação integral e o desenvolvimento sustentável em consonância com uma sociedade plural e democrática”. No Departamento de Ciências da Comunicação cinco diferentes projetos foram contemplados com os recursos do edital FIEX (Fundo de Incentivo à Extensão), são eles: “Vídeo Entre-Linhas: formação de jovens realizadores em Frederico Westphalen e Região” coordenado pela professora Cláudia Herte de Moraes, “Etnicidades: Comunicação e Educação” com o professor Wesley Pereira Grijó, “Formação de multiplicadores em mídias digitais para organizações do Terceiro Setor de Frederico Westphalen” com o professor Jones Machado, “UFSM/FW e escola de ensino médio: parceiros de leitura e escrita” com a professora Márcia Vanzin Boabaid e “Compreender os letramentos locais para (in)formar novos leitores” da professora Marluza da Rosa. Ao todo, são oito bolsas para que os estudantes possam complementar sua formação com as iniciativas que reforçam a relação UFSM e comunidade Frederiquense.
Além desses projetos do Departamento a Pró-Reitoria de Extensão mantem o projeto “Ações de Visibilidade e Divulgação de Programas e Projetos de Extensão da UFSM”, coordenado pelos professores Reges Schwaab e Angela Zamin, que disponibilizam três bolsas em Frederico Westphalen e dois em Santa Maria.

Projetos de Pesquisa

A Universidade Federal de Santa Maria, de ensino público, gratuito e como instituição socialmente referenciada, estimula diariamente a produção de conhecimentos, debates e o desenvolvimento de pesquisas científicas. O Departamento de Ciências da Comunicação durante seus dez anos de existência vem trabalhando também nesse sentido.
Em 2017, o Fundo de incentivo a pesquisa (FIPE Jr.) concedeu cinco bolsas aos projetos coordenados por professores do DECOM (Departamento de ciências da comunicação). Foram contemplados os projetos “Enquadramentos discursivos em reportagens sobre o futuro do planeta” da Professora Cláudia Herte de Moraes, “Comunicação de crise em mídias digitais: estratégias comunicacionais empreendidas pelas organizações” do professor Jones Machado, “Digital influencers no cenário da comunicação humanizada: poder de engajamento nas mídias sociais digitais” da professora Luciana Menezes Carvalho, “Recepção e agricultura: análise quantitativa e qualitativa do acesso a informações e consumo midiático por produtores rurais no Médio Alto Uruguai” do professor Rafael Foletto e  “Indígenas na pesquisa em comunicação: meta-análise de dissertações e teses brasileiras” do professor Wesley Pereira Grijó.  
Além das cinco FIPEs Júnior, estão em andamento, até julho, outros três projetos contemplados pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – CNPq/UFSM. O Projeto “A crítica das práticas no interior do sistema jornalístico”, coordenado pela Professora Angela Zamin, o “Enquadramentos discursivos em reportagens sobre o futuro do planeta”, da professora Cláudia Herte de Moraes e o projeto “Comunicação, linguagem e mudança social” do professor Reges Schwaab.
O departamento de Comunicação também teve seus projetos de pesquisa reconhecidos pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – FAPERGS/UFSM – PROBIC  com o professor Wesley Pereira Grijó coordenando o programa “Comunicação e transformações sociais: o panorama de investigação da perspectiva sociotécnica”.
A partir de agosto de 2017 outras quatro novas bolsas iniciarão e se estendem até até julho de 2018. São dois projetos PIBIC, “A crítica das práticas no interior do sistema jornalístico” coordenado pela professora Angela Zamin e o projeto “Discurso, poder e políticas da (in)visibilidade” da professora Marluza da Rosa. Os projetos PROBIC coordenados pela Profª Marluza da Rosa e o projeto “Indígenas na pesquisa em comunicação: meta-análise de dissertações e teses brasileiras”, do professor Wesley Pereira Grijó, também trabalham com o PIBIC EM (programa voltado ao Ensino Médio).

 

Fonte: Departamento de Comunicação