Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Alunos de Relações Públicas da UFSM-FW realizam campanha sobre acessibilidade

Iniciou-se no dia 02 de junho a campanha “Por uma vida sem atalhos”, criada pelos alunos da Disciplina de Laboratório de Comunicação Acessível nas Organizações, do curso de Relações Públicas da Universidade Federal de Santa Maria, Campus Frederico Westphalen.

O objetivo da Campanha consiste na sensibilização das pessoas que circulam diariamente pelas dependências do campus da UFSM em Frederico Westphalen, no intuito de que atentem para a questão da acessibilidade. Nesse sentido, busca-se provocar a reflexão sobre a acessibilidade no campus e na sociedade, além da construção de debates para que mudanças de atitude sejam operadas em cada um, diante de situações colocadas em pauta pela campanha “Por uma vida sem atalhos”.

Durante a realização da campanha acontece uma intervenção com o intuito de provocar desconforto a quem estiver circulando pelo campus, por meio de obstáculos em pontos-chave de circulação na instituição, como o acesso coberto ao Centro de Convivência e a escada de entrada do prédio principal, além do fechamento de uma vaga de estacionamento. Para avisar sobre os obstáculos ao público que circula pela UFSM, um cartaz em braile foi exposto no hall de entrada principal, a fim de que sintam dificuldades em se comunicar, além do incômodo em transitar pelas dependências da instituição devido à intervenção da ação, situações enfrentadas cotidianamente por pessoas com deficiência. De acordo com Jones Machado, professor da Disciplina, “para que haja uma efetiva acessibilidade, inclusão e integração de pessoas com deficiência, todos os profissionais que fazem parte das organizações da sociedade precisam ter uma postura e uma agenda cotidiana pautada pela acessibilidade universal. Por isso, é dever e prioridade também das Relações Públicas atuarem na sensibilização, na criação e na efetivação de políticas organizacionais afirmativas nessa área junto aos públicos”.

A campanha, porém, teve um episódio que a turma lamentou; a sinalização que estava interrompendo alguns acessos do campus foi violada, mostrando a necessidade de uma sensibilização e consciência por parte da comunidade acadêmica do campus de Frederico Westphalen. De acordo com a acadêmica Katiele Zingler “este fato demonstra a falta de respeito de algumas pessoas para com a campanha e com a causa”.

Para encerrar a campanha, no dia 23 de junho, às 9h, no Centro de Convivência, acontece a palestra de encerramento da campanha. As convidadas são Eliane Galhardo, acadêmica de Administração da URI e Adriana de Freitas Oliveira, Diretora da APAE de Frederico Westphalen. Na oportunidade, os alunos também irão expor suas impressões sobre a campanha “Por uma vida sem atalhos” e avaliar o que ainda precisa ser feito para que as estruturas da sociedade sejam acessíveis a todos os cidadãos.

 

 19073823 1826261881035617 1066895218 n 19046496 1826284831033322 1361391895 n  

 

19046825 1826284844366654 867703545 n 19075390 1826284834366655 1699327334 n