Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Fiat Panis promove palestra em comemoração ao dia mundial do meio ambiente



Três palestrante sentados. Da direita para a esquerda, homem branco grisalho, homem branco de cabelos escuros e mulher branca de cabelos escuros. No fundo da foto, a cerimonialista, branca de cabelos escuros, está de pé, em frente ao púlpito.O projeto de extensão Fiat Panis: alimentação e agricultura familiar em Frederico Westphalen, realizou na última quarta-feira, 05, na Associação Comercial e Industrial (ACI) uma palestra com o tema “Transformações alimentares e seus impactos no meio ambiente”, com a nutricionista e mestranda em Desenvolvimento Rural da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Marilene Cassel Bueno.

Em alusão ao dia mundial do meio ambiente, a nutricionista debateu sobre a importância dos alimentos orgânicos e sua interferência na qualidade de vida da população e na natureza. “Falar de nutrição e alimentação é falar sobre solos, agrotóxicos, água e entre outros fatores que relacionam- se diretamente com o meio ambiente e o que comemos”, relata Bueno. Além disso, a nutricionista comenta que os alimentos industrializados não interferem apenas na saúde das pessoas, mas também, na
cultura local.

O professor e coordenador do projeto Oscar Augustín Torres Figueredo, diz que o evento foi pensado para que as pessoas reflitam até que ponto a alimentação pode afetar o meio ambiente e como a decisão do consumidor, de consumir alimentos orgânicos pode ter um efeito positivo no meio ambiente. O professor, comenta ainda, sobre a adesão da comunidade diante dos alimentos orgânicos. “A sociedade está
preocupada com a saúde, desta forma, os alimentos orgânicos têm um viés mais amigável e impactam menos no meio ambiente”, finaliza Figueredo.

Após a palestra, os produtores de alimentos orgânicos parceiros do projeto de extensão, relataram suas experiências e responderam aos questionamentos do público presente. O produtor Ibanez Gonçalves, pertencente ao grupo Produtores da Vida, da cidade de Vicente Dutra falou das dificuldades encontradas para a produção. “O trabalho é longo, mas temos uma retribuição, que é saber que contribuímos com o meio
ambiente”. Ibanez ressalta também, que a saúde da população deve estar em primeiro lugar. “Quando produzimos os alimentos orgânicos, pensamos na nossa família e em
nossos consumidores”, finaliza Gonçalves. O produtor Ademar Azevedo, do grupo Orgânicos do Barril de Frederico Westphalen, diz que as exigências para a produção são
muitas, mas, que compensam por seu significado. “Hoje, a demanda por alimentos saudáveis é maior e, muitas vezes não conseguimos alcançar”, relata Azevedo.

Os produtores agradeceram a UFSM-FW e ao projeto Fiat Panis por abrir a Universidade para este tipo de ação. “A UFSM ajudou a fortalecer nosso trabalho e ficamos felizes por contribuir com esse evento”, concluiu Ademar.

O evento foi aberto ao público e ainda contou com a feira de produtos orgânicos, que também é realizada no campus.

Texto: Helena Knob

Edição: Julia Cervo



Publicações Recentes