Ir para o conteúdo Frederico Westphalen Ir para o menu Frederico Westphalen Ir para a busca no site Frederico Westphalen Ir para o rodapé Frederico Westphalen
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto de extensão da UFSM-FW auxilia professores durante a pandemia de Coronavírus



Os professores Sidnei Renato Silveira, Cristiano Bertolini e Nara Martini Bigolin do Departamento de Tecnologia da Informação do campus de Frederico Westphalen, em conjunto com os acadêmicos Adriana Camargo Saldanha Machado, Maurício Bones Figueiró, Rodrigo Gobbi e Sandro Oliveira da Silva do Curso de Licenciatura em Computação EaD, do Polo de Palmeira das Missões, desenvolveram o projeto de extensão  “Qualificação Docente: capacitação para utilização do Google Classroom em meio à pandemia da COVID-19”.

O projeto foi motivado pelos alunos Adriana e Rodrigo, os quais também são professores da rede estadual e, por meio do contato com outros docentes, eles perceberam que grande parte dos professores não foram instrumentalizados para realizar as atividades apoiadas pelas Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação (TDICs). Assim sendo, o projeto objetiva realizar uma qualificação docente, na modalidade Educação a Distância (EaD) e busca preparar professores de escolas públicas para utilizarem a plataforma Google Classroom nas atividades pedagógicas.

A qualificação e a metodologia do projeto

Com uma pesquisa para constatar o interesse de participação do público alvo foi possível identificar o desejo dos mesmos em participar da qualificação, observando que grande parte não está preparada para se apoiar didaticamente das TDICs. O questionário foi respondido por professores da Educação Básica do Estado do Rio Grande do Sul da 20ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). “A pesquisa demonstrou que a grande maioria dos professores está bastante preocupada com a decisão da SEDUC-RS em utilizar o Google Classroom, pois os mesmos não estão preparados para adotar esta plataforma. A maioria destaca que tem pouco conhecimento no uso de Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação em suas práticas pedagógicas”, pontua Sidnei Renato Silveira, coordenador do projeto de extensão.

O projeto será desenvolvido a partir de uma metodologia participativa com o público-alvo. “A ideia da metodologia participativa envolve a interação entre os professores e alunos da qualificação, visando a criar um ambiente que estimule o diálogo, a interação e o aprendizado”, argumenta Sidnei.

A qualificação dos docentes ocorrerá por meio de encontros online baseados em vídeo aulas, apresentações de slides, documentos e outros materiais que poderão ser anexados durante o projeto e de acordo com a necessidade. Cada edição da qualificação terá 12 encontros virtuais, sendo dividido em etapas e ao decorrer delas, serão propostas 4 atividades práticas que serão avaliadas pelos colaboradores do projeto. O aluno que obtiver aproveitamento mínimo de 75% será aprovado e terá direito ao certificado de conclusão.

Os encontros abordarão a introdução e apresentação do Google Classroom, como criar e corrigir as atividades na plataforma, como postar a mesma atividade para várias turmas, como organizar os conteúdos em tópicos e explicarão até como criar documentos e formulários para compartilhar com os alunos.

“O projeto de extensão, visando a qualificação de professores das Escolas Estaduais para utilizarem a plataforma Google Classroom, é de extrema relevância, tendo-se em vista o isolamento social devido à pandemia da COVID-19, bem como a adoção desta plataforma pela Secretaria de Educação do RS, para dar conta das atividades de ensino remoto. Sendo assim, a UFSM mostra, mais uma vez, a importância de a universidade estar atenta às necessidades da comunidade, ainda mais em meio à pandemia da COVID-19”, pontua o coordenador do projeto.

Google Classroom

O Google Classroom ou Google Sala de Aula é um dos vários recursos que a empresa Google oferece gratuitamente para quem possui uma conta pessoal na plataforma. A ideia do recurso é ser um sistema capaz de gerenciar conteúdo para instituições de ensino que procuram simplificar a criação, a distribuição e a avaliação de trabalhos. As oportunidades que a ferramenta fornece são várias: criação de turmas, inserção e distribuição de tarefas, atribuição de notas às mesmas, inserção de vídeos, comunicação entre os participantes e organização do espaço da sala de aula virtual. A interação entre professores e alunos ocorre por meio do Mural da Turma. 


Publicações Recentes