Ir para o conteúdo Palmeira das Missões Ir para o menu Palmeira das Missões Ir para a busca no site Palmeira das Missões Ir para o rodapé Palmeira das Missões
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Mês da Família: as três gerações dos Bolzan e seus laços com a UFSM



Formatura de Iva Maria (mãe) no Colégio Politécnico, em 2019.

Universidade Federal de Santa Maria retorna com a campanha do Mês da Família, a série de matérias sobre núcleos familiares que mudaram após o ingresso no ensino superior. Nossa quarta e última história pertence à família Soares Bolzan, que teve cada membro influenciado de uma forma diferente pelo trabalho feito dentro da Instituição. 

Foto colorida com cinco pessoas, uma ao lado da outra
Família Soares Bolzan na antiga casa da UFSM, início dos anos 2000

Há 25 anos, Erli Bolzan, o pai, tornou-se servidor da UFSM após prestar concurso público para a Pró-reitoria de Infraestrutura (Proinfra). Assim começou a longa história dos Bolzan com a Universidade. Erli, a esposa Iva Maria, o filho Anderson e a filha Kathiele se mudaram para o campus, morando nos prédios da Federal de Santa Maria durante 10 anos. Mais tarde, veio o nascimento da caçula da família, Cassiane, que nasceu no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) e reforçou ainda mais o laço entre a família e a Instituição. 

Em 2008, Erli entrou para o curso de Técnico Agrícola com Habilitação em Jardinagem no Colégio Politécnico e iniciou seus trabalhos como paisagista na Proinfra. 

Nas palavras da filha mais nova, seu pai trabalhava junto de outros servidores para manter o campus arborizado, florido e cheio de vida. Em 2019, o pai de Cassiane venceu o prêmio de paisagista do ano da UFSM. Além disso, participou do projeto Escola para Todos, que visava a criação de políticas públicas que auxiliassem na educação inclusiva no arquipélago de Cabo Verde.

Erli Bolzan, no entanto, não foi o único a ser estudante dentro da Instituição. Iva Maria, agora também avó, formou-se como Técnica em Cuidado de Idosos no Politécnico em 2019. Além disso, os três filhos de Erli e Iva tiveram passagens pela graduação na UFSM. Anderson graduou-se em Zootecnia, enquanto Kathiele estudou Educação Especial e Cassiane seguiu os mesmos passos do irmão. A caçula é mestranda de Agrobiologia no Programa de Pós-Graduação da Universidade. Ainda, o primeiro neto dos patronos da família, João Pedro, passou pelo Ipê Amarelo de 2016 a 2017.  

Foto colorida de uma moça em meio a uma plantação
Cassiane, Zootecnista e agora Mestranda pela UFSM, em campo

Com todos os membros do núcleo familiar fazendo algum tipo de passagem pela Universidade Federal de Santa Maria, a família teve um grande leque de experiências com bolsas, grupos de pesquisa, projetos de extensão e estágios.

“A Universidade proporcionou as oportunidades das nossas vidas (…) a UFSM nos proporcionou formação cultural, pessoal e profissional através dos cursos oferecidos”, relatou Cassiane Soares Bolzan.

Enfim, com laços antigos com a Universidade Federal de Santa Maria, a família Soares Bolzan sempre pode encontrar um lar na Instituição. Com 25 anos de história entre os dois, raízes criadas inicialmente pelo Paisagista foram firmadas a cada ano e membro que colocou os pés na UFSM.

Reportagem: Giulia Cavalheiro, acadêmica de jornalismo e bolsista da Unidade de Comunicação Integrada
Fotos: Arquivo pessoal 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes