Ir para o conteúdo Palmeira das Missões Ir para o menu Palmeira das Missões Ir para a busca no site Palmeira das Missões Ir para o rodapé Palmeira das Missões
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Inauguração de Obras no campus de Palmeira das Missões e Bate-papo com Reitor contou com homenagem à gestão de Paulo Afonso Burmann



Evento de Inauguração de Obras da UFSM Palmeira das Missões contou com a presença do reitor Paulo Afonso Burmann

Na última terça-feira (19), ocorreu a Inauguração de Obras na Universidade Federal de Santa Maria campus Palmeira das Missões. O evento teve o intuito de inaugurar alguns espaços e salas na universidade. Em maio de 2021, foi instaurado a Casa de Estudantes, no Bloco 2, e agora, no mês de outubro, inaugurou-se o Bloco de Sala de Aula (Prédio 3); o Bloco 5; o Laboratório de Nutrição Animal e a Galeria de Diretores da UFSM Palmeira das Missões. Estavam presentes, na ocasião, o reitor da UFSM, professor Paulo Afonso Burmann, os diretores do campus, professores Luiz Anildo Anacleto da Silva e Daniel Graichen, autoridades locais e regionais e demais convidados.

Durante o evento, foi exibido um vídeo contendo imagens das obras desses locais, além do descerramento das placas. Segundo o diretor do campus, professor Luiz Anildo Anacleto da Silva, esses novos espaços são importantes para melhorar as condições de trabalho e de estudo na universidade. “Sobre a questão das inaugurações que tivemos hoje no nosso campus, eu quero creditar isso a um crescimento estrutural de novos prédios, inclusive a casa do estudante, que vai receber e abrigar um grupo significativo maior de acadêmicos dos diversos cursos do nosso campus. Então, a inauguração desses prédios e espaços são muito importantes para melhorar a nossa condição de trabalho de uma forma geral. Brevemente, teremos outras inaugurações, ou seja, o nosso campus continuará crescendo de maneira exponencial para permitir que aqui nós tenhamos um espaço melhor para estudar e trabalhar”.

Além da inauguração dos edifícios na universidade, os convidados presentes foram visitar as instalações da Clínica Escola, localizada no Bairro Vista Alegre. O reitor destaca a importância das instalações para a comunidade acadêmica e para a população de Palmeira das Missões. “A utilização daquilo que foi construído tem um significado muito especial para a universidade. São laboratórios, salas de aulas, moradia estudantil, tudo isso que está agora efetivamente a serviço da comunidade acadêmica e também, como é o caso dessa Clínica Escola, a serviço da comunidade, nesse processo de troca e que implica no apoio à formação dos estudantes e que implica também no apoio à comunidade que vai se beneficiar com o atendimento. Esse é um momento ímpar, que a universidade coloca de fato à disposição da sua comunidade uma estrutura melhor, mais confortável, mais moderna, mais adequada aos tempos que estamos vivendo”.

Bate-papo com conselheiros e chefes de setor do campus contou com homenagem ao reitor da UFSM, Paulo Burmann, que termina sua gestão na reitoria neste ano

Em um segundo momento do dia, foi realizado um Bate-Papo com o reitor, os conselheiros e chefes de setor do campus de Palmeira das Missões. Na ocasião, a direção fez uma homenagem ao reitor por toda a sua dedicação e pelo seu trabalho na universidade durante a sua gestão, com a entrega de uma cuia personalizada dos 15 anos da instituição. O diretor Luiz Anildo Anacleto da Silva, deixou a sua mensagem de homenagem e congratulações ao reitor. “O senhor Burmann está se despedindo da função de reitor, mas não está se despedindo da função em prol da UFSM. Seguramente, e gostaria muito que isso acontecesse, que ele continuasse ao nosso lado, pensando em outros seguimentos, em outras situações, e que continuasse trabalhando em bem da Universidade Federal de Santa Maria, e consequentemente, do nosso campus. Quero dizer que o professor Burmann, nesses 15 anos, mais da metade do tempo esteve à frente da reitoria e foi parceiro incansável nas nossas reivindicações e nos ajudou muito. Devemos muito a ele por toda a infraestrutura e condições de trabalho que temos hoje. Então, acredito que continuaremos com essa parceria, porque boas parcerias como temos com o professor Burmann devem ser mantidas e melhoradas”.

O professor Paulo Burmann foi reitor da UFSM por 8 anos, começando o seu trabalho no ano de 2014 e finalizando agora, no ano de 2021. Após uma tarde de muitas visitas e homenagens, o reitor expressa suas palavras de gratidão por todo o período da sua gestão na UFSM. “A gente não se despede nessas circunstâncias. Como eu falei há pouco, encerro o meu mandato na reitoria da universidade, mas não encerra meu vínculo com a universidade. Então nós vamos continuar sempre próximos de toda a comunidade independente de cargo. A minha ligação com a universidade sempre foi independente de cargo. Então, a relação com as pessoas foi o elo, é o elo e será o elo que vai me manter vinculado a instituição”.

Na ocasião, Burmann recebeu da Direção do campus uma cuia personalizada com o selo dos 15 anos da UFSM-PM

Burmann, também destacou que sua gestão enquanto reitor foi baseada em propostas e projetos para melhorar a universidade. “Nós tivemos avanços importantes desde o início da gestão. Uma gestão baseada num projeto bem construído, bem debatido, bem discutido, que foi o projeto Elo Mais Alto com a Universidade Federal de Santa Maria. Foi oferecer a universidade que vivia num período de estagnação a oportunidade de retomar diversos projetos, diversos entendimentos do que é ser uma universidade de ensino, de pesquisa e de extensão, pública, gratuita, inclusiva e de qualidade. Os esforços da gestão foram todos nesse sentido, para ser uma gestão justa, propositiva, moderna e que efetivamente pudesse fazer com que a universidade cumprisse cada vez mais e melhor o seu papel. Acho que um legado que se deixa é um legado da inclusão, um legado da modernização da gestão, é um legado de investimento de obras de infraestrutura, investimento na formação de servidoras e servidores, é um legado das oportunidades que foram criadas para toda a comunidade”, finalizou.

 Texto: Giovanna Gomes Fernandes – Estagiária de Relações Públicas

Edição: Isabel Malheiros – Relações Públicas

Notícia vinculada a

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes