Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

GIPAG recebe pesquisador referência em estudos agroalimentares

Durante os dias 11 e 12 de maio esteve presente no Colégio Politécnico da UFSM o professor Sérgio Schneider, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), considerado uma das maiores autoridades mundiais em estudos relacionados à Sociologia da Alimentação e aos Mercados Agroalimentares. Schneider esteve acompanhado pela doutoranda Nathália Salvate Brasil, que buscou a região para conhecer os mercados locais de alimentos, com a finalidade de desenvolver seus estudos de doutoramento. A visita à UFSM também teve como objetivo aproximar as ações do Grupo de Estudos em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural (GEPAD/UFRGS) do Grupo Interdisciplinar de Pesquisas Agroalimentares Georreferenciadas (GIPAG/UFSM).

No dia 11, os pesquisadores da UFRGS e da UFSM visitaram a Cooperativa de Agricultura Familiar de Santa Maria (Coopercedro) e a Polifeira do Agricultor na UFSM. Posteriormente, na sala de reuniões do Colégio Politécnico, o secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, Rodrigo Menna Barreto, relatou a experiência do Pátio Rural, evento promovido pela prefeitura de Santa Maria. Também foram apresentadas as principais pesquisas do GIPAG, seguidas de discussões sobre possibilidades de trabalhos em conjunto.

Já no dia seguinte, o grupo se deslocou para os municípios de São Francisco de Assis e Santiago. O objetivo, em São Francisco de Assis, foi conhecer a Cooperativa de Agricultores Familiares Jeito Caseiro, que tem 46 estabelecimentos associados, entre agroindústrias e agricultores individuais. Além da visita à sede da cooperativa, também foram conhecidas as agroindústrias Soares e Que Sabor, que trabalham com panificados e doces, respectivamente. Essa visita foi acompanhada pelo extensionista Rafael Vargas, do Escritório Municipal da Emater-RS/Ascar, bem como pelo secretário Municipal de Agricultura, Érico Ben.

Em Santiago, foram visitadas a propriedade rural A Fazendinha, que trabalha com a produção de hortaliças orgânicas e, posteriormente, o Hortomercado Municipal, onde 41 agricultores comercializam alimentos diretamente ao consumidor. A visita foi acompanhada pelo extensionista Dairton Lewandowski, do Escritório Municipal da Emater-RS/Ascar, o ex-prefeito, Julio Ruivo, e o atual prefeito, Tiago Gorski Lacerda.

Scnheider mostrou-se impressionado com o trabalho do GIPAG, especialmente pela vinculação com as demandas da região, mas também pelo caráter efetivamente interdisciplinar dos projetos e ações desenvolvidas. Além da extensão e desenvolvimento rural, o grupo também envolve as áreas do conhecimento da informática e do geoprocessamento. O GIPAG agrega docentes, estudantes e servidores técnico-administrativos do Colégio Politécnico da UFSM e do Departamento de Educação Agrícola e Extensão Rural do Centro de Ciências Rurais.

Fonte