Ir para o conteúdo Politécnico Ir para o menu Politécnico Ir para a busca no site Politécnico Ir para o rodapé Politécnico
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Curso Técnico em Agricultura promove discussão sobre o potencial da olivicultura no Rio Grande do Sul



No dia 05 de novembro de 2019, a turma do segundo semestre do Curso Técnico em Agricultura do Colégio Politécnico da UFSM teve a oportunidade de ouvir e discutir sobre o potencial olivicultura no Rio Grande do Sul, e principalmente na região central do estado, com o consultor e Eng. Agrônomo Dr. Fabrício Carlotto Ribeiro. Carlotto é profissional em qualificação e experiência sobre o tema do cultivo da oliveira a mais de dez anos.

Foram abordados  assuntos relacionados às necessidades climáticas, necessidades de solo, densidade de plantio, as principais cultivares -bem como as principais pragas e doenças-, a implantação do pomar, o manejo de solo e da planta e colheita e o aumento das importações de azeite pelo Brasil nos últimos anos, onde o país se destaca como o segundo maior importador, demostrando a importância da expansão da cultura.

Segundo dados da EMATER, no Rio Grande do Sul estão estabelecidos aproximadamente 4.500m² com oliveiras, distribuídos em mais de 20 municípios. A produção de azeite na safra 2018/2019 foi de 150 mil litros de azeite em 11 indústrias processadoras no estado. De acordo com Carlotto, é possível encontrar 37 novas marcas de azeite, mostrando o interesse e a expansão da cultura. Mas, existem desafios a serem enfrentados na cultura como: produzir azeite de qualidade, suprimir a demanda do mercado nacional, disponibilizar linhas de crédito e principalmente, capacitar à mão de obra.

Na sequência da conversa, o grupo pode degustar alguns azeites, tentando identificar as diferenças com relação a qualidade no que se refere ao sabor, odor, viscosidade, entre outras características sensoriais.


Publicações Recentes