Ir para o conteúdo Politécnico Ir para o menu Politécnico Ir para a busca no site Politécnico Ir para o rodapé Politécnico
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Colégio Politécnico desenvolve pesquisas com a utilização de insumos biológicos na cultura da soja



O Colégio Politécnico da UFSM, através dos Setores de Mecanização Agrícola e Culturas Anuais, em parceria com as empresas Laboratório Farroupilha Lallemand, Indústria de Implementos Agrícolas Vence Tudo e Soluções Integradas Verdes Vales, está desenvolvendo pesquisas com a utilização de insumos biológicos na cultura da soja, na área agrícola da instituição.

O Laboratório Farroupilha Lallemand atua no mercado de defensivos biológicos, voltados para o controle sustentável de pragas e doenças agrícolas. Em contato estabelecido com o Engenheiro Agrônomo Fábio Luciano Wollmann, Representante Técnico e Comercial do Rio Grande do Sul e Oeste de Santa Catarina, a empresa disponibilizou os seguintes produtos:

Organic WP – Agente biológico: Trichoderma. Produto utilizado no tratamento de sementes, tem ação direta e indireta contra podridões radiculares. Atua também no reequilíbrio biológico do solo, na promoção de crescimento e indução de resistência.
Starfix Soja – Agente biológico: Bradyrhizobium. Produto utilizado no tratamento de sementes como inoculante líquido, para promover a fixação biológica de nitrogênio (FBN).
Azos – Agente biológico: Azospirillum brasilense. Produto utilizado no tratamento de sementes como inoculante líquido. Esta bactéria tem a capacidade de colonizar diversas partes das plantas, superficial e internamente. Proporciona maior crescimento das raízes, caules e folhas, bem como indução de resistência.
Rizos – Agente biológico: Bacillus subtilis. Produto utilizado no tratamento de sementes, tem ação nematicida. Proporciona reequilíbrio biológico do solo, proteção radicular, promoção de crescimento e indução de resistência.
Onix – Agente biológico: Bacillus methylotrophicus. Produto utilizado no tratamento de sementes, tem ação nematicida. Proporciona reequilíbrio biológico do solo, proteção radicular, promoção de crescimento e indução de resistência.

Estes produtos foram utilizados em diferentes tratamentos, durante a semeadura da da soja. Para a implantação, a Indústria de Implementos Agrícolas Vence Tudo disponibilizou uma semeadora- adubadora modelo Tiger Flex, de 15 linhas, com sistema dosador de sementes à vácuo. Para tracionar essa semeadora-adubadora, a empresa Soluções Integradas Verdes Vales disponibilizou um trator de 340 cv. Importante registrar que somente com a colaboração destas 3 empresas é que foi possível a implantação do experimento, cuja área total é de 30 ha.

A utilização de insumos biológicos na cultura da soja tem aumentado muito nos últimos anos, por apresentar uma série de vantagens, como:

– Maior seletividade (efeito sobre as pragas e não sobre os inimigos naturais);
– Maior residual (maior tempo de ação na lavoura);
– Menor custo;
– Possibilidade de produção na propriedade rural;
– Redução ou até mesmo a eliminação do uso de defensivos químicos;
– Ausência de resíduos nos grãos produzidos;
– Menor exposição dos agricultores a produtos tóxicos;
– Menor poluição do meio ambiente (menor impacto ambiental).


Publicações Recentes