Ir para o conteúdo Politécnico Ir para o menu Politécnico Ir para a busca no site Politécnico Ir para o rodapé Politécnico
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Encontro de Professores(as) de Linguagens da Educação Profissional e Tecnológica reúne profissionais de todo o Brasil para discutir experiências pedagógicas



O Colégio Politécnico da UFSM, o Colégio Técnico Industrial de Santa Maria (CTISM) e o Instituto Federal Farroupilha (IFFar) realizarão, nos dias 22 e 23 de julho, um encontro entre professores(as), estudantes e interessados(as) da área de linguagens da Educação Profissional e Tecnológica (EPT). O objetivo principal do evento é contribuir para a qualificação e a diversificação das práticas de ensino, pesquisa e extensão, envolvendo linguagens no contexto da EPT. A programação completa está disponível no padlet do evento, neste link.

A primeira edição do evento, organizada pelo CTISM, ocorreu em 2017 a partir da demanda de professores(as) dessa área em discutir, realizar reflexões e compartilhar saberes didático-pedagógicos específicos desse contexto. Pensado para ser um evento itinerante, a segunda edição foi realizada em 2018, pelo IFFar campus São Vicente do Sul.  Neste ano, em sua terceira edição, o evento ocorre em formato on-line, possibilitando um alcance de público ainda maior do que nos anos anteriores. Diferentemente das outras edições, o evento atual está sendo organizado de forma interinstitucional e conduzido pelo Colégio Politécnico da UFSM, contando com a participação de professores(as) e interessados(as) de diferentes estados do país. 

Além disso, é importante ressaltar que esta é uma proposta de encontro virtual lançada por professores(as) e voltada a professores(as), isto é, trata-se de uma oportunidade de colocar em contato e diálogo aqueles(as) que conhecem, de fato, o contexto de ensino da EPT e os desafios próprios de sua área de atuação e realidade institucional. O propósito maior deste evento é dar voz e protagonismo aos(às) professores(as) e, consequentemente, promover a produção e a troca de conhecimentos entre esses. A equipe organizadora espera, com isso, possibilitar e estimular a constituição de parcerias colaborativas, interdisciplinares e interinstitucionais, visto que, após o evento, as práticas desenvolvidas e apresentadas podem, por exemplo, ser (re)construídas e adaptadas às particularidades de outras instituições da rede EPT.

A professora Cândida Martins Pinto (Colégio Politécnico), coordenadora do III Encontro, destaca que o evento preza, sobretudo, pelo fortalecimento dos(as) profissionais, para que estejam em um ambiente em que se discutam tanto as experiências exitosas quanto as experimentações que não resultaram como o esperado. Como complementa a professora Raquel Bevilaqua (CTISM), o foco é fazer o caminho de desenvolvimento teórico a partir da prática nos três domínios de atuação (pesquisa, ensino e extensão), tendo em vista as necessidades do contexto em que o(a) professor(a) atua. A professora Fabiana Dametto (voluntária no CTISM) sublinha o desafio imposto pela diversidade de cursos técnicos, de tecnologia e de pós-graduação em que o(a) profissional atua bem, como pela heterogeneidade de perfil dos estudantes desses cursos. O professor Lucas Martins Flores (IFFar – Jaguari) ressalta a necessidade de discussão sobre a produção de conhecimentos acerca das linguagens no âmbito da EPT, a fim de contribuir para a qualificação e diversificação das práticas de ensino, pesquisa e extensão. 

A equipe organizadora tem a expectativa de ampliar as discussões e fortalecer a área de linguagens na EPT. Embora as inscrições para apresentações de trabalhos já estejam encerradas, ouvintes ainda podem inscrever-se até o dia 20 de julho. 

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes