Ir para o conteúdo Politécnico Ir para o menu Politécnico Ir para a busca no site Politécnico Ir para o rodapé Politécnico
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Exposição de trabalhos artísticos dos alunos do Ensino Médio encerra 1° trimestre



Durante a semana do dia 18 de julho, os alunos do 1° ano do ensino médio do Colégio Politécnico da UFSM realizaram uma exposição de trabalhos feitos em aula. Eles distribuíram os materiais no hall do bloco E do Colégio, além de uma sala para a apresentação multimídia dos trabalhos da disciplina de Artes de todos os anos do médio. A idealização aconteceu no início do ano letivo, nas aulas de linguagens, e faz parte da nova proposta de Ensino Médio.

Exposição do Ensino Médio no Bloco E (Foto: Cristine Michelin)

O Colégio optou pelo itinerário integrado nessa nova proposta, desta forma todas as áreas de conhecimento são trabalhadas. Na disciplina de linguagens, os professores de suas respectivas matérias propuseram, durante o primeiro trimestre, atividades que trouxessem o processo criativo, artístico e manual de volta, levando em consideração o tempo passado no meio digital em razão da pandemia. Os temas surgiram a partir do que os alunos traziam para as discussões em aula, através da realidade e ponto de vista deles o processo começa a tomar forma.

No dia 14 de julho, os estudantes participaram de uma palestra sobre curadoria ministrada pela historiadora e museóloga Leticia Crestani, para então organizarem futuramente o espaço onde as obras seriam colocadas. Totalizando 43 alunos, dividiram-se em grupos e organizaram o local onde todos os trabalhos realizados estariam expostos. Assim, a exposição foi dividida em sessões e todas foram sinalizadas por meio de uma peça de quebra-cabeça, que explicava a proposta do trabalho e a sessão.

Palestra sobre curadoria (foto fornecida pela Profª Cândida Martins)

Exemplo das demarcações é a sessão identidades, na qual os estudantes realizaram uma releitura da carteira de identidade, tanto em inglês como em espanhol, e uma escultura de seu rosto. Outra atividade, utilizada para trabalhar a técnica de colagem, incentivava cada aluno a escolher um livro nacional e resenha-lo, em forma de cartaz, dando sua própria interpretação. Além desses, um mural com frases retiradas das diversas crônicas produzidas ao longo dos meses foi exposto.

Releituras da Carteira de Identidade (Foto: Paulo Barauna)

Na disciplina de Conversações Contemporâneas, uma palestra sobre identidade de gênero e orientação sexual foi realizada para então organizar a ideia da criação de um banheiro inclusivo, inaugurado no último mês. O banheiro também fez parte da exposição, com imagens e textos colados em seu interior.

O estudante Nicolas Brasil Brum cita a importância de atividades como essa e fica feliz por poder participar de uma experiência única para seu aprendizado como estudante. O aluno ainda relata: “Elas [as atividades] acabam nos representando, falando um pouco dos nossos gostos, de como nós somos, os tipos de livros que nós gostamos, acabam falando um pouco de nós”.

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-405-5773

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes