Ir para o conteúdo PPGEXR Ir para o menu PPGEXR Ir para a busca no site PPGEXR Ir para o rodapé PPGEXR
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Sabores e Saberes são compartilhados em atividade realizada junto a comunidade Quilombola Júlio Borges em Salto de Jacuí – RS



Na terça-feira dia 03 de julho, a equipe do Núcleo de Extensão em Desenvolvimento Territorial – NEDET da UFSM, acompanhados de colaboradores da EMATER de Salto do Jacuí, CARITAS e Comissão Pastoral da Terra – CPT, participaram de uma atividade com os integrantes da Associação Remanescente de Quilombo Júlio Borges, cujo objetivo principal foi evidenciar e compartilhar os saberes tradicionais materializados na cultura gastronômica quilombola.

Seu Nildo, um dos mais antigos quilombolas da comunidade e mística de abertura da atividade.
Foto: Saritha Denardi Vattathara

Por meio desta atividade buscou-se que as matriarcas da comunidade compartilhassem seus saberes, levando em consideração que o alimento é um importante veículo da cultura quilombola e que além de saborear estes pratos se fazia necessário conhecer e registrar a história vinculada a cada um deles. Além da atenção dada aos pratos finalizados, a qual se consumou no almoço festivo em comunidade, foram registrados os procedimentos de preparo e o depoimento das senhoras, sobre a origem das receitas, dos ingredientes e a importância destes na cultura e na história dos integrantes e da comunidade. Dentre os ingredientes utilizados cita-se mandioca, batata doce, batatinha, amendoim e milho e no conjunto de pratos preparados tem-se nhoque com frango, galinha com mandioca, mandiocada de porco, quirela com galinha, refogado de couve, rapadura entre outros.

Mesa com retalhos de tecidos, ornamento característico dos quilombos, e pratos preparados pelas matriarcas da comunidade. Foto: Saritha Denardi Vattathara

Durante o dia, intenso e repleto de emoções, foram realizadas atividades no salão comunitário e na residência das matriarcas, sabedoras da história do território, detentoras e guardiãs de conhecimentos e práticas tradicionais quilombolas. Cada uma delas teve a oportunidade de apresentar os pratos preparados e foram, posteriormente, entrevistadas pelos membros da organização do evento, que além de fazer registros em áudio fotografaram e filmaram vários momentos da atividade.

Equipe entrevistando e registrando os depoimentos da Dona Cucha, mais antiga matriarca da comunidade.
Foto: Saritha Denardi Vattathara

Esta atividade contou com o apoio da Incubadora Social da UFSM e foi promovida no âmbito do projeto Produção e Gestão Quilombola em Empreendimentos Econômicos Solidários no Território Centro Serra do RS: Mediações e Tecnologias Sociais em Contextos de Interculturalidade, com recursos do CNPq/SENAES, sob a coordenação do professor Dr. José Marcos Froehlich do Departamento de Educação Agrícola e Extensão Rural da UFSM.

 

 

 


Notícia vinculada a


Publicações Recentes